Segue a novela para se definir quem substituirá a Dryworld como fornecedora de uniformes do Fluminense. Segundo reportagem do Globoesporte deste domingo, a Kappa, empresa sediada na Itália e que, atualmente, é parceira do Santos, também demonstrou interesse em vestir os jogadores do Tricolor das Laranjeiras pelos próximos três anos.

De acordo com a proposta, a Kappa apenas ficaria com a criação dos modelos a serem escolhidos pelo Flu, e, em compensação, o lucro por tudo o que seria vendido aos torcedores nas lojas comerciais ou através dos sites, iria exclusivamente para os cofres da agremiação carioca.

Publicidade
Publicidade

Em depoimento ao Globoesporte, o presidente do Fluminense Pedro Abad, disse que aconteceram reuniões proveitosas e espera definir o assunto até o fim de janeiro. "Estamos muito esperançosos de que ainda neste mês vamos ter um nome para apresentar à torcida. Já temos uma ideia muito avançada do que fazer. As tratativas estão muito adiantadas, falta o detalhe do detalhe. Esperamos na semana que vem, no máximo na outra, dizer o nome", resumiu o mandatário.

Publicidade

Apesar da chegada firme da Kappa nas Laranjeiras, a Under Armour, empresa americana e que, no momento, fornece material para o São Paulo, continua sendo a favorita para estar junto com o Fluminense. Independentemente de qual será a decisão tomada, o Tricolor só terá seus novos uniformes a partir do início do Campeonato Brasileiro, em maio.

Enquanto isso, dentro de campo, os jogadores seguem a rotina da pré-temporada.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Após folgar no sábado, o Fluminense se reapresentou na manhã de domingo no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca e, sob o comando de Abel Braga, realizou um treinamento fechado à imprensa. Na próxima terça, a equipe do Rio de Janeiro inicia a sua caminhada em 2017, enfrentando, no Mário Helênio em Juiz de Fora, a partir das 20h (de Brasília), o Criciúma, pela abertura da segunda edição da Copa da Primeira Liga, torneio do qual o Tricolor é o atual campeão depois de derrotar, em abril de 2016, curiosamente no mesmo local, o Atlético-PR por 1 a 0.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo