Cristiano Ronaldo é o segundo atleta mais velho a conquistar o prêmio de melhor jogador de futebol do mundo pela Fifa. Há pouco menos de um mês de completar 32 anos – aniversaria no dia 5 de fevereiro –, o craque português obteve pela quarta vez a premiação máxima individual do Futebol e está a apenas uma do argentino Lionel Messi. E mesmo sendo um “trintão”, Ronaldo disse durante a festa na Suíça estar no auge e determinado a conquistar cada vez mais.

O português – que foi eleito o melhor do mundo em 2008, 2013 e 2014 – coloca em sua frente um desafio complicado, de manter o alto nível mesmo na fase considerada de declínio da carreira do futebolista. Para se ter uma ideia, apenas o zagueiro italiano Fabio Cannavaro levou o prêmio de melhor do mundo da Fifa com mais idade: tinha 33 anos em 2006.

É uma tarefa e tanto para um centroavante que vive de fazer gols e de decidir partidas e campeonatos.

Com o avançar da idade, o corpo não costuma responder como antes, há mais dificuldade para certos movimentos e a preparação costuma ser mais penosa e a recuperação mais dolorosa.

Na contramão de tudo isso, Cristiano Ronaldo declarou que 2016 (ano em que conquistou a Eurocopa com Portugal, além da Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes com o Real Madrid) foi a melhor temporada de sua carreira e espera jogar até os 40 anos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

E, claro, sua intenção é estar em alto nível até o fim. Quando ganhou a eleição de melhor de 2016 da revista France Football, prêmio conhecido como Bola de Ouro, o supercraque já tinha externado o desejo de jogar “por mais sete ou oito anos”. No último dia 9 de janeiro, após levar o prêmio da Fifa, o atleta português projetou sua carreira novamente.

"(Vou) continuar enquanto me sentir bem, forte. Trabalho para isso, tento fazer as coisas corretamente.

Mas, obviamente, o tempo e a idade não perdoam. Meu objetivo é por quatro, cinco anos, manter o nível e conquistar mais títulos", disse o tetracampeão do prêmio da Fifa em entrevista ao "Sportv".

O desafio agora é buscar Messi, que detém cinco premiações de melhor do mundo da Fifa e é mais jovem. A estrela do Barcelona completará 30 anos no próximo dia 24 de junho. Parece que teremos mais disputas entre Ronaldo e Messi pelos próximos anos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo