Foi um jogo nervoso. Foi uma batalha épica. E foi praticamente um milagre.

Depois de ter perdido de 4 a zero para o PSG no jogo de ida, o Barcelona precisava reverter a situação com pelo menos outro 4 a zero para levar para os pênaltis.

E logo aos 3 minutos Suarez abriu o placar depois de uma confusão na área do PSG. O estádio Camp Nou, lotado, parecia um caldeirão com a torcida incentivando o time da casa.

Logo o Barça fez 3 a zero e o PSG ficava cada vez mais encolhido, com medo do time catalão.

6 a 1 histórico em um jogo que só um time jogou

Com a vantagem de 4 a zero no primeiro jogo, o PSG foi para a Espanha sem vontade de jogar e ficava todo recuado. Com a pressão do Barcelona, o PSG nitidamente se acovardou tentando apenas se defender e sair para os contra-ataques. E foi em um desses que Cavani descontou aos 16 minutos do segundo tempo. Era um gol que dava tranquilidade ao PSG, já que o Barcelona teria que fazer mais três gols. Pouco tempo depois, Di Maria perdeu um gol feito, na cara de Ter Stegen. Seria o gol da classificação francesa. Seria.

Arbitragem polêmica, dois pênaltis para o Barcelona e 5 minutos de acréscimo

Eram 42 minutos do segundo tempo e a pequena torcida francesa presente no estádio já começava a comemorar. Mas quando se trata de Barcelona, foi muito cedo. Em apenas 7 minutos, o Barça fez três gols, aos 42, aos 45 e aos 50 minutos, e o que parecia um milagre aconteceu: 6 a 1 e classificação para a próxima fase da Champions League.

Saindo um pouco do drama da partida, a arbitragem foi considerada polêmica, já que os dois pênaltis dados ao Barcelona foram duvidosos, além dos 5 minutos de acréscimo também terem sido exagerados.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Futebol

Tabus caem e Barcelona faz história

Desde 2010, o PSG não perdia por mais de 4 gols, e hoje levou de 6. E esta foi somente a sétima virada de um time que precisava reverter um placar de 4 gols na Champions League. Mais uma vez, o Barcelona faz história.

Agora, o time espera o sorteio para a próxima fase da Champions, que hoje também teve a classificação do alemão Borússia Dortmund, que eliminou o Benfica. Na 3ª feira, o Bayern de Munique da Alemanha já havia eliminado o Arsenal, da Inglarerra; e o Real Madrid já tinha despachado o Nápoli, da Itália.

Gols: Suarez, Messi, Neymar (2), Sergi Roberto e Kurzawa (contra) para o Barcelona; Cavani, para o PSG.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo