O jogador de futebol argentino Lionel Messi é considerado o melhor do mundo e joga atualmente no Barcelona, um grande clube espanhol vencedor de vários campeonatos. Ele faz o maior sucesso pelo mundo e já foi atacante de vários times de sucesso, faturando milhões de Euros. Sua fama se espalhou devido a sua habilidade inacreditável com a bola em um estádio de futebol.

Apesar de ter uma conta bancária bastante gorda, na última quarta-feira (24) Lionel Messi, que foi acusado de fraudar declaração de impostos de receitas por direitos de suas imagens em 2016, teve seus recursos negados e terá que responder a processo e realizar pagamento de multa.

A confirmação do caso foi feita pelo Tribunal espanhol, que deu ao jogador uma pena de 21 meses de reclusão, além de uma gigantesca multa, com valor aproximado de 2,093 milhões de Euros, segundo a imprensa da Espanha.

Messi chegou a recorrer junto aos seus advogados, para evitar a punição, porém, teve seus recursos recusados. O tribunal o acusou de ter feito desvio de 4,1 milhões de Euros (aproximadamente R$ 7,6 milhões) para uma conta em um paraíso fiscal. As acusações foram feitas por um promotor de justiça espanhol, que informou sonegação de impostos ocorrida nos anos de 2007, 2008 e 2009. O pai do atacante também foi acusado e terá sua pena diminuída para 15 meses, por ter ajudado na investigação e também por ter feito a devolução do valor que não havia declarado.

O jogador afirmou que não tomava conta das questões fiscais e que tudo ficava nas mãos de seu pai e do advogado.

Os melhores vídeos do dia

Ele disse ainda que não havia se preocupado, pois não imaginava que algo desse tipo pudesse acontecer ao deixá-los no comando das finanças. O atleta não revelou os valores recebidos pelos direitos autorais de suas fotos.

Segundo jornal espanhol El Confidencial, o juiz que deu a sentença a Messi considerou que o fato de o jogador desconhecer o crime não significa que ele não tenha responsabilidades sobre o acontecido. Veículos de mídia espanhóis afirmaram que, mesmo com a sentença que recebeu do juiz, é bastante improvável que Lionel chegue a ir para a prisão, pois penas que são inferiores a dois anos permitem que o réu responda ao processo em liberdade na Espanha. Além disso, nem Messi nem seu pai possuem antecedentes criminais, o que colabora para sua liberdade.

Atualmente, o jogador está em fase de negociação de contrato com o Barcelona, que pode chegar a 40 milhões de Euros por temporada.