Os pais do meia santista Rafael Longuine morreram em um acidente ocorrido na noite desta segunda-feira (1º), na Rodovia BR-376, na cidade de Altos do Paraná. Uma tia do jogador também acabou falecendo. O Santos dispensou o atleta das atividades por período indeterminado e emitiu uma nota de condolências, afirmando que prestará todo o apoio ao jogador. O clube também decretou luto de três dias.

Morreram no Acidente Maria Fátima de Carvalho Longuine, de 52 anos, mãe do jogador, seu pai Wellington Longuine, de 53 anos, e a tia Lidia Ferreira de Carvalho Castelã, de 59 anos. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Paranavaí.

Bastante abalado com o ocorrido, o jogador avisou os companheiros através do grupo do Whatsapp e depois comunicou aos demais funcionários do Santos.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, um caminhão carregado de madeira, dirigido pelo motorista Marcelo Kovalesk, de 55 anos, que também morreu no acidente, invadiu a pista contrária e bateu contra o veículo em que estava a família do jogador. Com o impacto, tanto o carro quanto o caminhão foram parar fora da estrada.

Revelado pelo Juventude, o meia Rafael Longuine, que completará 27 anos no próximo dia 30, chegou ao Santos logo após o Campeonato Paulista de 2015. Sua estreia aconteceu em um jogo contra a Chapecoense e seu primeiro gol com a camisa do Peixe foi na vitória por 3 a 0 diante do São Paulo, na Vila Belmiro. Antes de ser contratado pelo alvinegro, o jogador passou por clubes do interior de São Paulo, como XV de Jaú, Comercial de Ribeirão Preto, Inter de Bebedouro, Rio Branco de Americana, Red Bull Brasil e Audax.

Na semana passada, o jogador havia fechado com o clube sua renovação de contrato, que havia vencido neste domingo. O novo acordo é válido por três temporadas.

O Santos volta a jogar nesta quarta-feira (3), às 21h45, quando recebe o Santa Fé da Colômbia, pela Copa Libertadores da América. Invicto, o Peixe é líder do grupo 2 com 5 pontos ganhos.

Solidariedade dos rivais

Não foi apenas o Santos que prestou solidariedade ao jogador pela perda dos familiares. Outros times também prestaram condolências, como o Corinthians, que usou o Twitter para manifestar sua nota de pesar. “Força ao atleta, aos familiares e a todos os santistas. Estamos com vocês”. O Paraná clube foi outro que prestou solidariedade ao jogador por meio do Twitter.