O dia 12 de junho de 2017 será para Kevin Durant guardar na memória. Avassalador na série de jogos, o Golden State Warriors não deu chance para o Cleveland Cavaliers, ex-campeão da NBA, eliminando as finais já no jogo 5, com o placar de 129 a 120.

Quem não viu os jogos acha que foi assim tão fácil. Ambos os times praticamente aniquilaram seus rivais nos playoffs e chegaram às finais gabaritadíssimos para o tira- teima, já que ambas decidiram os últimos três anos do campeonato, com uma vitória pra cada, Warriors em 14/15 e Cavaliers em 15/16.

Mas, dessa vez, a equipe de Oakland tinha o camisa 35 no auge de sua inspiração. Espetacular e cirúrgico foi imprescindível mesmo no jogo 4, que o Golden State saiu derrotado da Quicken Loans Arena por 137 a 116. Durant fez 35 pontos e foi o segundo maior pontuador da partida, atrás de Kyrie Irving.

Na noite de segunda-feira, Durant mostrou porque era o dono dos troféus de MVP e campeão da NBA. Com arremessos certeiros e ótima marcação em LeBron James, ele firmou como candidato forte ao título.

Conseguiu comandar os já brilhantes Stephen Curry e Klay Thompson, o explosivo Draymond Green, o incansável Andre Iguodala e os demais, no considerado embate de gigantes dos últimos anos.

Com 39 pontos, seis rebotes e cinco assistências, o ex-Thunder não deu chances para LeBron e cia. Mesmo estando alguns momentos do jogo em desvantagem no placar, o time da Oracle Arena se manteve tranquila e soube administrar quando Cleveland esteve à frente ou poucos pontos atrás dos Warriors.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
NBA

Com essa conquista. o Golden State completa seu terceiro título de NBA, 74/75, 2014/15 e 2016/17. Essa última especial, pois é a primeira vez que a equipe da Califórnia comemora o título em casa, coincidentemente também é a primeira vez de Durant campeão (na temporada 2011/12, perdeu a final para o Miami Heat, também de Lebron James) é MVP (74/75, Ricky Barry, e 2014/15, Andre Igoudala).

É o melhor time dos últimos anos da NBA, com jogos de se encher os olhos e uma variedade de jogadores que dispensa comentários.

Kevin Durant veio para completar uma brecha que faltava com a saída de Harrison Barnes, sendo quase que chamado de mercenário pela sua ex-torcida.

Durant queria ser campeão e o foi, queria ser MVP e conseguiu, queria provar a torcida de Oklahoma que tinha feito a escolha certa ao sair e deixar os holofotes do Thunder para Westbrook e acertou. Vamos aguardar a próxima temporada para sabermos até onde pode ir Kevin Durant e os acrobatas de Oakland.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo