Um dos jogadores pretendidos pelo São Paulo neste meio de ano, o volante da Ponte Preta Matheus Jesus, deverá ser o novo reforço do Estoril de Portugal. O atleta já viajou para o país europeu onde realizará exames médicos e assinará contrato de quatro anos. Para se precaver de situação parecida envolvendo Geuvanio e o Flamengo, o clube de Campinas fechou um acordo para que ainda este ano o jogador não seja repassado ao São Paulo.

Publicidade
Publicidade

A diretoria da Macaca ainda espera a assinatura do contrato para informar mais detalhes sobre a transferência. O que se sabe, é que o clube europeu adquiriu a maior parte dos direitos federativos do atleta por cerca de 3 milhões de euros. Durante as negociações com o clube luso, surgiu o interesse do São Paulo.

Apesar de ser considerada uma grande promessa, o jogador de 20 anos convive com problemas de indisciplina, motivo pelo qual foi afastado do elenco e desde então vinha treinando separado do grupo, enquanto aguardava por um novo clube.

Publicidade

Ceni fica

Se depender do diretor-executivo do São Paulo Vinicius Pinotti, o técnico Rogério Ceni não apenas ficará no comando do time até o final de 2018, quando termina seu contrato, como também poderá ter seu vínculo renovado. A declaração foi dada nesta terça-feira (26), em entrevista coletiva no CT da Barra Funda.

O dirigente reconheceu que apesar dos resultados não serem satisfatórios, a diretoria está contente com a metodologia de trabalho aplicada pelo treinador.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol São Paulo FC

“O Rogério conta com nosso apoio irrestrito. Continuamos a ver o trabalho evoluindo”, afirmou Pinotti que disse também entender que a ansiedade da torcida e da imprensa por resultados leva a questionamentos, mas que tem total confiança que o trabalho renderá frutos.

Sobre o fato do Tricolor estar apenas um ponto acima da zona do rebaixamento, o dirigente preferiu ser otimista e apontar o lado de cima da tabela, atribuindo isso ao equilíbrio da competição.

“Você está a um ponto da zona de rebaixamento, mas a seis do G-4”, analisou, assegurando ainda que não existe pressão por estar próximo ao Z-4.

Com apenas o Campeonato Brasileiro para disputar, o São Paulo terá nesta semana algo muito desejado pela maioria de seus adversários. Fora da Sul-Americana e Copa do Brasil, o Tricilor só volta a jogar no próximo domingo (2), quando irá até a Ilha do Urubu encarar o Flamengo pela 11º rodada do Brasileirão.

Publicidade

Há cinco jogos sem vencer, um novo tropeço o deixará entre os quatro últimos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo