O Palmeiras venceu o Atlético-GO por 1 a 0 na última quarta-feira (21), no Allianz Parque, e subiu na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. A vitória, a segunda consecutiva, trouxe alívio ao grupo. O jogo foi bastante truncado e o resultado magro aponta um certo equilíbrio.

Os goianos perderam algumas chances incríveis, mas, na média, jogaram bastante recuados. A dificuldade em encontrar espaços foi destacada pelo atacante Dudu, que voltou de contusão e entrou na segunda etapa do jogo. Aproveitando as idas ao ataque do clube paulista, o Atlético quase abriu o placar por duas vezes.

Reforço no Palmeiras

O volante Bruno Henrique será apresentado de forma oficial nesta quinta-feira na Academia de Futebol.

Ele chega com a importância de assumir a vaga de Felipe Melo, que se recupera de cirurgia na mão. Coincidentemente, Thiago Santos também se machucou e virou desfalque. De acordo com os médicos do Palmeiras, Bruno Henrique deve estar disponível em até duas semanas, já que ainda precisa passar por preparação física para evitar lesões.

De acordo com o blog Ora Bolas, do portal Goal.com, o alvo do Alviverde, no entanto, é outro: Carlos Eduardo, vice artilheiro da Série B e que defende atualmente o time do Goiás. De acordo com o site, os goianos foram procurados pelo Palmeiras para um acordo de 3 milhões de euros por 50% do passe. O clube ainda estuda o negócio, mas deve ceder.

Com apenas 20 anos, Carlos virou o segundo plano da diretoria Alviverde após fracassar na busca por Richarlison, do Fluminense.

Os melhores vídeos do dia

O objetivo é ter um reserva para Miguel Borja, ou até que seja titular da posição dependendo da escolha feita pelo técnico Cuca.

Inscrição na Libertadores

Na próxima semana, Cuca terá que resolver e indicar três jogadores para serem inscritos na Copa Libertadores. Rafael Marques e Alecsandro serão sacados, assim como Thiago Martins. O lateral Mayke e o volante Bruno Henrique vão entrar, e mais uma vaga vai sobrar.

Em conversa com Alexandre Mattos, Cuca disse que vai aguardar até o último momento para resolver. Ele deu a entender que o Palmeiras ainda poderá trazer algum jogador de fora, com mais nome e capacidade, para disputar o torneio continental. O clube não está medindo esforços para confirmar o segundo título da Libertadores de sua história. Só com Borja, por exemplo, foram investidos quase R$ 40 milhões. A Crefisa, atual patrocinadora, tem ajudado bastante na aquisição de novos nomes.