Uma cena bastante inusitada aconteceu no meio de uma luta no #UFC. Uma atleta colocou muita força para tentar sair de um golpe e acabou #defecando no octógono e claro gerou muitos comentários nas redes sociais na semana passada. O evento, aconteceu em Oklahoma nos Estados Unidos, no último domingo (25), e vem rendendo muitos questionamentos durante toda essa semana.

A atleta Justine Kish, que é russa, viveu uma semana difícil e conturbada, com o que aconteceu depois dela ter perdido o seu combate contra Felice Herrig no UFC Oklahoma. Como todos já ouviram falar, ela teve que fazer um esforço muito grande para tentar sair de um golpe chamado mata-leão e acabou que ela #defecou no meio do octógono.

E foi justamente por causa disso, que Justine viu o seu nome no meio de memes e muitas brincadeiras nas redes sociais durante toda essa semana. Mas mesmo passando por esse momento constrangedor, ela ainda conseguiu brincar com sua própria "desgraça". A lutadora usou sua conta no Twitter e escreveu a seguinte declaração: "Nunca vou parar, eu sou guerreira. Merdas podem acontecer, ahahah, mas estarei de volta em breve", disse ela em tom de humor para seus fãs na rede social.

Entrevista

A russa cedeu uma entrevista há um programa de TV chamado "The Domenick Show", e falou sobre o assunto. A lutadora disse no programa que o presidente do UFC, Dana White, ligou para ela no dia seguinte e manifestou todo seu apoio. "Ele ligou no outro dia após a luta, só para ver se eu estava realmente bem. Ele ficou um pouco preocupado com os comentários maldosos que aconteceram por trás de tudo que aconteceu.

Os melhores vídeos do dia

Ele me deu força e me encorajou, gostei de como você lidou com o momento, você é uma guerreira e lutou como uma", disse ela repetindo o que Dana lhe falou.

Uma premiação

Ainda segundo Justine, o apoio do presidente não vai ficar somente em palavras, já que Dana também teria oferecido um bônus em dinheiro como uma forma de agradecer a maneira que ela se comportou no octógono. "E teve outra coisa boa, Dana me sugeriu que eu ganhe uma premiação financeira como presente, pelo o meu comportamento. O UFC sabe como dar esses bônus secretos. Não sei quanto vai ser, eu não pedi, mas vamos esperar algumas semanas", comentou ela.

A luta que Justine perdeu para Felice em Oklahoma foi a primeira desde que começou a sua carreira como lutadora de MMA. A russa já tinha contabilizado seis vitórias nos confrontos do UFC. Ela poderá lutar ainda este ano de 2017 e tentar mudar a história da sua última luta.

Durante toda semana o assunto foi bastante comentado entre os internautas, alguns brincaram e criticaram, mas muitos acharam ser uma coisa normal, já que somos humanos e ela fez realmente muita força.