Na tarde deste domingo (16), o Vasco da Gama enfrentou, no estádio Nilton Santos, famoso Engenhão, a equipe do Santos. Jogo que valia para o Vasco da Gama a reentrada no G6, que atualmente é a zona de classificação para a Copa Libertadores da América. A partida, devido à punição que o Vasco sofreu, por causa das brigas que aconteceram na 12ª rodada, em São Januário, contra o flamengo, ocorreu de portões fechados e sem torcedores.

O duelo contra a equipe da baixada santista foi válida pela 14° rodada da atual edição do campeonato brasileiro, e foi realizada com os portões fechados, já que o clube cruzmaltino era o mandante da partida e está com “dupla punição". O confronto foi bem disputado, começou com boas disputas de bola, e algumas faltas, mas de certo modo tranquilo. O Vasco da Gama demonstrou maior vontade de vencer a partida, e apesar de nenhuma das equipes demonstrarem um alto nível de Futebol, a equipe carioca demonstrou e aproveitou um certo domínio da partida, principalmente no segundo tempo, quando o atacante Thalles se destacou.

O embate teve algumas polêmicas, principalmente no lance em que o jogador Wagner sofreu pênalti "duplo pênalti" que não foi marcado, e outro lanche polêmico que a torcida santista reclama é da expulsão do jogador Daniel Guedes.

Já na sala de imprensa, quem pediu o microfone e deu entrevista em nome do Vasco da Gama foi o presidente Eurico Miranda. O presidente afirmou que o Vasco está sofrendo “dupla punição” já que além de não poder jogar no próprio estádio, ainda tem que jogar sem torcida.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

O presidente cruzmaltino alega que a polícia foi conivente com os atos de irresponsabilidade protagonizados em São Januário, onde um policial militar foi flagrado atirando gás lacrimogêneo na torcida, e ainda se vangloriando do fato.

Atualmente, o gigante da colina está proibido de jogar em São Januário, já que o estádio da colina sagrada esta interditado e o clube pode pegar até 25 jogos de punição, o que acarretaria uma situação em que o Vasco não atuaria mais, este ano, em seu estádio. Segundo Eurico Miranda, presidente da equipe, o prejuízo deste jogo, fora de casa e com portões fechados, passa da casa de R$ 1 milhão de reais.

Investimentos, contratações e dispensas

Na última terça-feira, no final da tarde, os torcedores cruzmaltinos tiveram uma surpresa, o jogador Douglas Luiz, de 19 anos, foi negociado com o Manchester City, da Inglaterra. A joia da base cruzmaltina foi vendido por €13 milhões de Euros, equivalente a aproximadamente R$ 50 milhões de reais.

O dinheiro da venda do jogador já foi útil para quitar o salário dos funcionários e jogadores, referente ao mês de maio.

E segundo a diretoria do clube, será investido em contratações, na manutenção e projeção de projetos da base, como o projeto promover e CAPRRES base. Projetos esses que já devem render bons frutos ao Vasco da Gama, como o atacante Paulo Vitor e o meia Paulinho.

As contratações ficam por parte da direção de futebol, que tem como principal alvo o zagueiro Anderson Martins, que está deixando o clube catariano, e está quase certo com o Vasco.

Outro jogador que já foi apresentado e treina com o clube, é o atacante Andrés Rios que deve estrear contra o Atlético Mineiro. Quanto as saídas, o Vasco já acertou a saída do atacante Muriqui, e o meia Júlio dos Santos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo