Há quatro jogos sem saber o que é vitória – tendo empatado os últimos três sem gols -, a Ponte Preta recebe o Botafogo [VIDEO] neste domingo (20), às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, buscando se distanciar da temida zona de rebaixamento. Os maus resultados derrubaram a Macaca para a 14ª posição, com 24 pontos, dois acima dos primeiros times que estão no Z-4 e uma vitória deixará o time campineiro mais tranquilo na competição.

Já o Botafogo, que está em 8º com 28 pontos. Porém o foco do time carioca será a partida de volta das semifinais da Copa do Brasil contra o Flamengo, por isso o técnico Jair Ventura mais uma vez mandará uma equipe alternativa a campo.

Após a semana completa para trabalhar, o técnico Gilson Kleina terá peças importantes para montar a equipe, como o recém chegado Léo Gamalho, além das voltas de Marllon, Elton e Emerson Sheik. Por outro lado, o zagueiro Rodrigo terá que cumprir suspensão, ainda por conta daquela confusão com o técnico do Vasco Milton Mendes, e está fora, assim como Renato Cajá, ainda se recuperando de inflamação no joelho.

O provável time da Ponte Preta que iniciará a partida terá Aranha no gol, a defesa formada por Jeferson, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos. Naldo, Élton, Jean Patrick e Léo Artur formarão o meio de campo. Lucca e Émerson Sheik serão os atacantes.

Foco na Copa do Brasil

Dos jogadores considerados titulares, o técnico Jair Ventura deverá mandara campo apenas Carli, Rodrigo Pimpão e Gatito Fernández.

Os dois jogadores de linha são serão escalados por estarem suspensos na Copa do Brasil, enquanto que o goleiro será mantido para não perder o ritmo de jogo. O chileno Leo Valencia e o atacante Brenner são outros que estarão em campo por não estarem inscritos na outra competição.

Dessa forma, o time do Botafogo que começará jogando terá Gatito no gol, Arnaldo, Joel Carli, Marcelo e Gilson formando a defesa. O meio de campo terá Dudu Cearense, Leandrinho, Marcos Vinícius e Leo Valencia. Na frente Rodrigo Pimpão e Brenner.

O duelo alvinegro terá arbitragem de Dewson Fernandes Freitas da Silva. Ele será auxiliado por Hélcio Araújo Neves e José Ricardo Guimarães Coimbra. Todo o trio vem do Pará.

Como foi na ida

Quando se enfrentaram no primeiro turno, mais precisamente no dia 21 de maio, o time carioca fez valer o fator casa e, jogado no estádio Nilton Santos, venceu a equipe do interior de São Paulo por 2 a 0, gols anotados por Bruno Silva e Rodrigo Lindoso.