O Japão é a quarta seleção garantida Copa do Mundo [VIDEO] da Rússia em 2018. A classificação [VIDEO] para seu sexto mundial consecutivo foi conquistada na manhã desta quinta-feira (30), com uma vitória por 2 a 0 sobre a Austrália e agora o time asiático se juntam aos anfitriões, ao Irã e ao Brasil.

Os gols que garantiram o Japão em mais uma Copa foram anotados por r Takuma Asano, aos 41 minutos da primeira etapa e por Yosuke Ideguchi, já aos 37 da etapa complementar. Com isso, o time chegou aos 20 pontos no grupo B, abrindo quatro de vantagem para os australianos, que aparecem na segunda colocação, junto com a Arábia Saudita, que fora de casa, venceu os Emirados Árabes por 2 a 1.

Os vice-líderes disputam na próxima terça-feira (5), a outra vaga direta na Copa. A Austrália recebe a lanterna Tailândia, enquanto os sauditas também jogam em casa, contra o próprio Japão. O time que ficar em terceiro lugar disputa uma repescagem contra o terceiro do outro grupo.

No outro grupo, que já tem o Irã classificado, a Coreia do Sul poderá ser mais um time a carimbar seu passaporte para o mundial. Para isso, terá que vencer o Irã, em casa, e ainda torcer para que o Uzbequistão não derrote a China.

Concacaf

Outra seleção com chance de se classificar para o mundial da Rússia nesta quinta-feira é o México. Depois de garantir vaga na copa anterior na bacia das almas e ainda contando com uma vitória dos Estados Unidos, o time de Juan Carlos Osório poderá assegurar sua vaga com três rodadas de antecedência nas eliminatórias da Concacaf.

Para isso, basta vencer o Panamá no estádio Azteca e torcer para que Honduras não vá além de um empate contra Trinidad e Tobago.

Restando quatro rodadas para o fim do hexagonal final, os mexicanos somam 14 pontos, o dobro de seus adversários, que está na quarta colocação, dentro da zona de repescagem. Os hondurenhos estão em quinto com cinco pontos.

Outro jogo da rodada terá a Costa Rica, vice-líder com 11 pontos, visitando os Estados Unidos, que estão logo atrás, com oito pontos.

Outros continentes

Nos demais continentes, não há chance matemática de serem apontados classificados nesta rodada, porém há times tradicionais com a corda no pescoço, como o caso da Holanda, que joga contra a França. Se o time laranja for derrotado, além da diferença para a zona de repescagem subir para seis pontos – faltando três rodadas -, ainda poderá ser ultrapassado pela Bulgária.

Outro duelo bastante interessante será entre Espanha e Itália, que estão empatados na liderança do grupo G com 16 pontos.

As seleções se enfrentam no sábado e quem vencer praticamente ficará bem perto da vaga direta no mundial.

Na África a fase de grupos ainda terá disputa de sua terceira rodada – de um total de seis -, e com isso ainda não há possibilidade de algum time se garantir. Na Oceania, Nova Zelândia e Ilhas Salomão começam a disputar nesta sexta-feira uma vaga na repescagem contra o quinto colocado das eliminatórias Sul-Americanas.

Por aqui, apenas o Brasil está classificado e, apesar de nenhum time também ter chance de garantir vaga nesta rodada, os duelos praticamente poderão colocar fim as esperanças de Peru e Paraguai, que jogam contra Bolívia e Chile, respectivamente.