O bom momento do Corinthians dentro de campo não condiz com a situação financeira que o clube está passando sob o mandato do presidente Roberto de Andrade. Vale lembrar que o mandatário prestará seus serviços ao alvinegro paulista até o final desta temporada, pois o clube passará por eleições.

Financeiramente, o Timão não passa por um bom momento [VIDEO] e estima-se que isso continue por mais alguns anos. Dessa forma, o novo mandatário corintiano não encontrará facilidade para dirigir o clube paulista. No entanto, algumas medidas já estão sendo tomadas para que a equipe do Parque São Jorge não tenha muitos problemas, já que esse mau momento financeiro atrapalha na chegada de novos reforços.

Arena Corinthians pode ter novidade

Com a economia do Brasil passando por um período complicado, o Timão está encontrando dificuldades para anunciar um novo patrocinador para seu uniforme. Portanto, os dirigentes alvinegros buscam por novas parcerias para o estádio corintiano. Desta vez, o Corinthians tenta fazer uma parceria com o Spotify, que é um serviço comercial de música em streaming.

Segundo as informações divulgadas pelo "ESPN", o Corinthians planeja anunciar essa nova parceria [VIDEO] neste sábado (19), data que coincide com a partida contra o Vitória, que acontecerá na Arena do Timão. Nesse negócio, o intuito de ambas as partes é transformar o cantor Péricles na voz oficial do estádio alvinegro.

Vale destacar que o Corinthians tinha uma parceria com a Napster, que também é um serviço de música por assinatura.

Agora, a diretoria alvinegra tenta firmar um novo acordo com o Spotify e trazer receitas para os cofres corintianos.

Corinthians pode renegociar dívida da Arena

Um dos principais pilares do clube nesta boa fase do Campeonato Brasileiro e também da Copa Sul-Americana, a Arena Corinthians ainda não traz boas notícias no aspecto financeiro. O público é excelente, chegando a bater o recorde de mais de 30 mil torcedores por jogo, em 16 partidas consecutivas. No entanto, a renda é destinada para um fundo que ajudará no pagamento do estádio.

Querendo reverter essa situação, o ex-vice-presidente Luís Paulo Rosenberg, vê o estádio alvinegro como uma ótima fonte de renda para o clube e que algumas mudanças terão que acontecer. Ele ainda ressalta, que a próxima gestão da equipe do Parque São Jorge deve correr atrás do prejuízo e tentar renegociar a dívida da nova casa corintiana.