A grande sequência de 34 jogos sem derrota do Corinthians foi interrompida no último sábado (19), na partida contra o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro. Apesar da derrota dentro dos seus domínios, o Timão continua liderando a competição nacional com uma certa folga, mantendo sete pontos de diferença em relação ao Grêmio, segundo colocado.

Apesar do revés, o técnico Fábio Carille [VIDEO] mantém total confiança em seu elenco, já que essa foi apenas a terceira derrota do clube nesta temporada. As outras duas derrotas aconteceram contra a Ferroviária e Santo André, ambas pelo Campeonato Paulista, competição essa que o Timão sagrou-se Campeão, após bater a Ponte Preta na final.

O Corinthians já entrará em campo na próxima quarta-feira (23), contra a Chapecoense, na Arena Condá. A partida já era para ter acontecido, pois esse embate ainda é válido pela primeira rodada do segundo turno do Brasileirão. O atraso desse confronto foi por causa da equipe catarinense, que estava disputando competições fora do Brasil.

Fábio Carille terá dificuldades para formar o time titular

Caso vença a Chapecoense, o Corinthians [VIDEO] abrirá 10 pontos de vantagem para o Grêmio. No entanto, vencer a equipe catarinense dentro de seus domínios não será uma missão fácil para o Timão, pois o técnico Fábio Carille não poderá contar com os titulares Guilherme Arana e Balbuena. Na lista de desfalques, também está presente o atacante Pedrinho, que passou por uma cirurgia.

Guilherme Arana não entrará em campo devido a uma suspeita de lesão na coxa direita.

O lateral-esquerdo ainda será submetido a exames, mas ele já foi vetado pela comissão técnica do Timão e pode ser desfalque nos próximos confrontos. Vale destacar que Arana já sentia um incomodo na coxa durante os treinos da semana passada e não aguentou jogar os 90 minutos na partida contra o Vitória.

Um dos destaques do Corinthians nesta temporada, o zagueiro Balbuena também não enfrentará a Chapecoense. Além de ter levado o terceiro cartão amarelo, o paraguaio sentiu um desconforto na coxa esquerda e será submetido a exames médicos, podendo desfalcar o Timão em outras partidas. Seu substituto de imediato é o jovem Léo Santos, que foi destaque nas categorias de base e subiu para o time principal.

Outro nome que não poderá ser utilizado pelo treinador corintiano é o atacante Pedrinho, que passou por uma cirurgia e ficará fora dos próximos dois jogos do Timão. Sendo assim, já está confirmado que ele não enfrentará a Chapecoense e também o Atlético-GO.