O treinador Cuca pediu o afastamento do jogador Felipe Melo do elenco do Palmeiras depois da eliminação do time na Copa do Brasil, desde então, o motivo do desentendimento não foi revelado para a imprensa brasileira, a qual começou a criar boatos sobre os motivos que levaram a esse conflito tão grande dentro de uma das maiores equipes brasileiras.

O Palmeiras é o time com maior investimento da América do Sul, pois se dá pelo fato do patrocínio master da Crefisa, empresa que faz um investimento anual milionário para as contratações do Verdão, uma delas foi a de Felipe Melo, meia defensivo renomado com alta experiência em clubes europeus e também na própria seleção brasileira.

O motivo do afastamento

O técnico Cuca revelou, em uma coletiva de imprensa nesta terça-feira [VIDEO], que o volante foi afastado após ter intimidado e cobrado os jogadores no vestiário na eliminação da Copa do Brasil para o Internacional, e após o Felipe Melo ter sido cobrado pela torcida, foi cobrar um desenvolvimento melhor de seus companheiros dentro de campo.

O técnico Cuca não gostou do tom e afirmou que foi uma falta de respeito à hierarquia dentro do elenco, pois o volante está no mesmo nível dos outros jogadores e, por isso, não deve cobrá-los, até porque cabe ao técnico ou capitão, mas sempre respeitando os companheiros.

Cuca fala se Felipe pode voltar

Segundo o treinador, Felipe Melo não veste mais a camisa do Palmeiras e isso não cabe mais a ele, e sim à diretoria do Verdão, a qual deve encaminhar uma troca envolvendo o jogador ou até mesmo uma venda, mas o destino não deve ser voltar para a Europa, o que o jogador deseja é continuar no Brasil, mais especificamente no Flamengo, clube que revelou o atleta para o mundo do Futebol.

O Internacional demonstrou interesse de fazer uma troca para ter de volta o Felipe Melo, e uma cogitação que ocorreu é para o lateral-esquerdo Uendel ser envolvido nessa negociação com o Verdão, até porque o alviverde da capital [VIDEO] estaria atrás de um lateral para reforçar o elenco, isso se dá pelo fato que na posição quem joga é Egídio, que será substituído pelo Michel Bastos. Ambos são improvisados.

O único que é realmente lateral-esquerdo de origem é Zé Roberto, jogador que não consegue mais atuar os 90 minutos completos das partidas, por esse fato, que a troca pelo lateral Uendel do Internacional seria tão valiosa para o Verdão, porque Felipe Melo não irá mais ser útil no elenco e sairia para a chegada de um importante reforço.