O ambiente do Palmeiras [VIDEO] não está nada fácil. Depois da derrota vexatória para a Chapecoense em casa por 2 a 0, a situação se complicou ainda mais. Ainda dentro das dependências do Allianz Parque, Maurício Galiotte, presidente do clube, e Alexandre Mattos, executivo de Futebol, se reuniram para decidir o que seria feito com o treinador. Afinal, os resultados não estão vindo e uma demissão seria viável. A diretoria, no entanto, decidiu mantê-lo.

Galiotte disse que vai manter Mattos no poder e que algumas decisões serão tomadas em conjunto. Demitir Cuca é uma delas. O atual presidente não está satisfeito com o trabalho do treinador e quem de fato está segurando sua vaga é Mattos.

O executivo disse que manter o emprego de Cuca também é importante para a saúde financeira do clube, que teria que desembolsar uma verdadeira bolada de rescisão.

Outro fator de pressão

Cuca acordou hoje com outro grande problema. A principal organizada do time, a Mancha Alviverde, emitiu nota exigindo sua saída. Entre as várias explicações, uma delas chamou a atenção: Cuca estaria com falta de vontade de comandar o time.

Em diversas coletivas, o treinador realmente demonstra um certo desânimo. Na Academia de Futebol, quem comanda boa parte das movimentações é Alberto Valentim, seu auxiliar. Cuca fica com Cuquinha do lado de fora conversando e analisando, por vezes não fala nada e não orienta posicionamento.

Se não ganhar domingo...

Cuca não recebeu essa informação de fato, mas sabe que se a vitória não chegar contra o São Paulo, a pressão ficará insustentável e a demissão vai ser irreversível.

Galiotte também entende que não vai conseguir segurar ‘‘a bronca’’ se mais uma derrota acontecer em casa, ainda mais com o peso de ser um clássico.

Existe uma grande expectativa na torcida palmeirense pelo rebaixamento do rival. Uma vitória do Palmeiras pode jogar ainda mais o time de Dorival Júnior no fundo do poço e a situação pode se agravar ainda mais, para delírio positivo dos torcedores alviverdes. Uma vitória do rival, porém, pode marcar o primeiro sucesso dentro da arena palmeirense desde que o estádio foi reinaugurado.

Uma nova reunião entre Cuca, Mattos e Galiotte está agendada para a próxima segunda-feira (28). O presidente está mais atento ao futebol e muito mais presente no Centro de Treinamento. A ideia é avaliar o resultado e seguir adiante, ou promover a demissão do treinador e discutir novos nomes.