O Palmeiras [VIDEO] praticamente encerrou o ano de 2017. A única dúvida agora é saber se o clube conquistará vaga na Copa Libertadores da América ou não. A torcida, triste, tenta entender o que de fato deu errado no ano.

O clube começou a jornada com toda pompa. Mais de R$ 100 milhões investidos, trouxe dois jogadores que já passaram pela seleção brasileira (Felipe Melo e Michel Bastos), além da melhor dupla das Américas (Miguel Borja e Alejandro Guerra). Para mesclar, trouxe Raphael Veiga, grande revelação do Coritiba, e o jovem Hyoran, da Chapecoense. Os zagueiros Juninho e Luan chegaram para suprir a saída de Vitor Hugo, que foi vendido para o Futebol italiano e veste a camisa da Fiorentina.

No Campeonato Paulista, chegou nas semifinais e foi surpreendido pela Ponte Preta. Em Campinas, a equipe nem viu a cor da bola e perdeu por 3 a 0. Muitos palmeirenses atribuíram a derrota ao goleiro Fernando Prass, que acabou rebatendo algumas bolas. No Allianz Parque, o magro resultado de 1 a 0 não foi suficiente para evitar a eliminação.

Na Copa do Brasil, o Verdão chegou nas quartas de final após eliminar o Internacional e enfrentou o Cruzeiro. Em casa, viu o time mineiro sair com vantagem de 3 a 0 no primeiro tempo e conseguiu empatar na etapa complementar. Em Minas, os donos da casa estavam perdendo por 1 a 0 até os 40 minutos do segundo tempo. Em falha de Egídio no ataque, o Cruzeiro empatou em rápida jogada e confirmou a queda palmeirense na competição.

O pior foi na Libertadores.

Após perder por 1 a 0 para o Barcelona, em Guayaquil, o Alviverde venceu [VIDEO] os equatorianos no tempo normal em São Paulo por 1 a 0 e levou a decisão para os pênaltis. Bruno Henrique e Egídio perderam suas cobranças e a equipe caiu também no torneio continental, o grande objetivo do ano.

2018 está aí

O Palmeiras, comissão técnica e diretoria já iniciaram o planejamento para 2018. O zagueiro Emerson Santos, do Botafogo-RJ, é o primeiro reforço confirmado. Além dele, Cuca receberá o retorno de 19 jogadores que estão emprestados. Em resumo, o clube gasta R$ 800 mil mensais em salários para esses jogadores. O treinador terá a opção de escolher quem fica e quem vai ser negociado de novo. João Pedro e Victor Luiz, laterais criados na base, devem seguir com o elenco principal e incorporar a delegação.

Veja a lista dos emprestados que retornam:

Goleiro: Vágner | Guarani;

Laterais: Victor Luiz, Mateus Muller, Taylor, Lucas, João Pedro;

Zagueiros: Leandro Almeida;

Volantes: Renato, Matheus Salles, Daniel e Bruninho;

Meias: Allione, Patrick Vieira e Juninho;

Atacantes: Arthur, Rodolfo, Leandro, Kaue e Gabriel Leite;