O Palmeiras [VIDEO] goleou o São Paulo por 4 a 2 no último domingo (27), no Allianz Parque, e fez a manutenção da quarta colocação no Campeonato Brasileiro. O resultado deixou os torcedores felizes, mas nem tanto. Os resultados do ano somados com a alta expectativa não corresponderam.

Além das eliminatórias em campo, o clube também somou algumas brigas e problemas. A maior delas foi entre o técnico Cuca e o volante Felipe Melo. Após o Cruzeiro empatar a partida e eliminar o Verdão da Copa do Brasil, no Mineirão, em Minas Gerais, o volante cobrou os colegas de forma forte nos vestiários e incomodou Cuca.

No dia seguinte, o Palmeiras anunciou de forma oficial que o jogador foi afastado e que treinaria em horários alternativos e não teria mais contato com o elenco.

A situação causou um enorme mal-estar, e Melo procurou advogados para tentar uma solução.

O Palmeiras foi notificado de forma extrajudicial para reintegrar Felipe Melo. Caso isso não fosse feito, o jogador [VIDEO] entraria com processo confirmando assédio moral. O clube, por sua vez, tentou uma rescisão amigável, mas foi surpreendido por um post na internet por um dos seus cotistas revelando valores do contrato do jogador. As conversas não evoluíram e voltaram para a estaca zero.

Conversa

Na semana passada, Cuca e Felipe Melo tiveram uma primeira conversa na Academia de Futebol para tentar uma solução. O jogador pediu desculpas pelo áudio vazado por um aplicativo de mensagens, e o treinador aceitou. No entanto, Cuca não se sentiu muito confortável em confirmar a reintegração do atleta.

Uma nova conversa deve acontecer durante esses 13 dias de paralisação do Campeonato Brasileiro e um acordo deve ser selado.

Tudo indica que Felipe Melo será reintegrado e ficará à disposição do treinador para o decorrer a temporada.

Vontade do jogador e da família

Felipe Melo conversou com familiares e decidiu que quer ficar no Brasil. Os membros da família Melo garantiram que estão felizes e adaptados ao Brasil e que não gostariam de sair do país.

Durante esse meio tempo entre a briga com Cuca e uma possível reintegração, os empresários do jogador receberam algumas propostas. A principal delas veio do Qatar, mas jogador recusou e decidiu não iniciar diálogo.

Felipe também tem as portas abertas no futebol turco, mas não deseja desagradar a vontade da família. No Brasil, recebeu sondagem do Internacional, mas ficou apenas em um contato. Nenhuma proposta oficial chegou às mãos do atleta nem de seus empresários.