Surgiu na imprensa uma notícia de uma possível insatisfação do elenco vascaíno com o técnico Milton Mendes. O fato de o comandante ter um forte temperamento pode nem sempre agradar a todos e isso pode prejudicar o time na disputa do Brasileirão. A insatisfação fez com que os atletas fizessem uma reunião para falar sobre o assunto, segundo o portal de notícias UOL.

O vice-presidente de Futebol, Eurico Brandão Miranda, o Euriquinho, negou que o clube passa por qualquer tipo de racha interno.

Publicidade
Publicidade

''Se tivesse algum tipo de racha do nosso grupo com o treinador, claro que já teríamos tomado algum tipo de decisão. Aqui o ambiente é bom, os jogadores estão focados e todos estão fechado com o nosso técnico. Quando o time perde sempre tem a busca por algum culpado. Não vemos um time desmotivado. Milton Mendes é um cara sério e muito trabalhador'', completou o dirigente vascaíno.

O técnico Milton Mendes já passou esse mesmo problema com o surgimento de algumas notícias de insatisfação de alguns atletas.

Publicidade

No Vasco, o que se entende é que o treinador cobra, mas, às vezes, passa do limite e isso acaba incomodando alguns jogadores.

Euriquinho ainda continuou, afirmando que com um elenco grande é normal surgir algum descontentamento: ''Eu costumo dizer que o futebol, na maioria das vezes, é uma grande mentira. Brigas são levadas a um grande patamar. Aqui temos 37 jogadores e a insatisfação é normal, sempre irá acontecer'', afirmou.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Brasileirão

O caso que deixou uma dúvida no ar foi os empurrões que Rodrigo deu em Milton Mendes, após o empate contra a Ponte Preta. Quando o zagueiro Rodrigo, ex-Vasco o empurrava, os jogadores do Vasco não demonstram muita importância para o caso.

O comandante está no Vasco desde o dia 19 de março, quando foi chamado para substituir Cristóvão Borges, que acabara de ser eliminado na Copa do Brasil. Desde a sua chegada, já foi mostrando o seu temperamento.

No dia 16 de abril, o time foi campeão da Taça Rio com o time no seu comando.

O Campeonato Carioca não veio, mas ele continuou no comando técnico da equipe para a disputa do Brasileirão. Nesse período vem fazendo uma reformulação. Por conta disso, o zagueiro Rodrigo deixou o clube carioca para atuar na Ponte Preta, assim como Nenê, que está afastado.

No ano passado, ele comandou o Santa Cruz, que começou o Brasileirão ganhando de todo mundo, mas depois o rendimento despencou e o time foi parar na zona de rebaixamento.

Publicidade

O time pernambucano acabou perdendo para o São Paulo, após o ocorrido ele pediu demissão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo