A manhã desta quinta-feira (17) foi de novidades no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. Acompanhados do vice de Futebol, Fernando Veiga, o volante Richard e o atacante Robinho foram oficialmente apresentados como novos reforços do Fluminense. Após vestir a camisa tricolor, os dois não escondiam a alegria pela oportunidade na carreira.

Mais tímido, Richard disse que tudo aquilo era uma novidade na sua carreira, principalmente o assédio da imprensa.

“Nos clubes pequenos, nem tem câmera. Estou até nervoso, mas todo jogador sonha com isso. Comigo não foi diferente”, disse o atleta de 23 anos, revelado no Monte Azul, com passagem pelo Comercial de Ribeirão Preto e que, ultimamente, defendia o Atlético Sorocaba na Série A3 do Campeonato Paulista.

Um pouco menos introvertido, Robinho, que vinha se destacando pelo Figueirense na Série B do Campeonato Brasileiro e foi trazido para suprir a lacuna deixada com a venda de Richarlison ao Watford, da Inglaterra, comentou estar vivendo uma espécie de conto de fadas e espera corresponder dentro de campo.

“Estou vivendo um sonho, todo jogador sonha em viver isso. Estar em um futebol de elite, de Série A, em um grande clube como o Fluminense. Sem palavras para descrever isso”, declarou o jogador de 22 anos, revelando também como gosta de atuar.

“Jogo mais aberto, mas já joguei mais centralizado também. Me sinto mais à vontade aberto. As características são bem parecidas (com as de Richarlison), acho que por isso também eu vim ao Fluminense. Na posição que o professor precisar, que eu me sinta bem e eu vá ajudar a equipe, estou disponível”, acrescentou.

Richard tem os direitos federativos presos ao Atibaia-SP e, a princípio, acertou um vínculo de empréstimo até o final de 2017. Já Robinho teve 50% de seu passe adquirido pelo Fluminense junto ao mesmo clube paulista e firmou um contrato de quatro anos.

Depois da entrevista dos jogadores, foi a vez de Fernando Veiga conversar com os jornalistas. Dentre vários assuntos, o vice de futebol comentou sobre a possibilidade de Wendel se transferir ao CSKA, de Moscou. Segundo o dirigente, o único clube a apresentar uma proposta foi o Porto, de Portugal, e, no momento, não há qualquer negociação em curso pelo volante.

Antes de contato com a imprensa, Richard e Robinho estiveram junto com os seus novos companheiros e participaram de uma intensa atividade física. Na parte da tarde, os dois fizeram parte do jogo-treino contra o Barra da Tijuca que acabou com vitória do Fluminense por 3 a 1.

Na próxima segunda, às 20h (de Brasília), no Maracanã, o Tricolor terá o compromisso diante do Atlético-MG, válido pela 21ª rodada do Brasileirão.

A expectativa fica por conta de Junior Sornoza. Recuperado de uma fratura no tornozelo esquerdo, o meia equatoriano já vem trabalhando normalmente há cerca de três semanas e tem grandes chances de ser relacionado.

Com 27 pontos, o Fluminense se encontra em 10º lugar no Campeonato Brasileiro e precisa vencer para não se distanciar do G-6, grupo daqueles que estarão na Taça Libertadores do ano que vem.