3

MILAN

O Milan é sem duvidas um dos maiores clubes do planeta. Dono de 7 títulos da Uefa Champions League, fica atrás apenas do Real Madrid.

No cenário nacional ele possui 18 taças. Um clube que se acostumou às glórias por décadas. Tiveram em seu plantel muitos dos maiores jogadores da história do futebol.

Viveu momentos épicos e inesquecíveis como o domínio europeu no final dos anos 80 e início dos anos 90 quando se consagrou bicampeão europeu.

Naquela época contava com jogadores que se tornaram lendas, como o trio de holandeses Rudd Gullit, Frank Rijkaard e Marco Van Basten.

Sem contar na genial defesa da equipe, com Baresi, Costacurta e o jovem Paolo Maldini, este que viria a se tornar a maior lenda da história do clube italiano.

Mas o tradicional clube viveu outros momentos mágicos e de esplendor.

E isso há pouco tempo...

No inicio do século 21, na temporada 2002/03 o Milan conquistou a Liga dos Campeões com um dos melhores times de todos os tempos. Uma verdadeira esquadra.

Com craques do nível de Nesta, Pirlo, Rui Costa, Seedorf, Shevchenko, Inzaghi e contando ainda com os lendários Costacurta e principalmente Maldini, a equipe venceu o também poderoso clube italiano Juventus na final.

Mas não parou por ai. Na temporada 2004/05 o Milan estava lá de novo, em mais uma final da Champions.

Desta vez encarou o Liverpool. Esta final inclusive é considerada por muitos como a melhor final da Liga dos Campeões de todos os tempos.

O clube italiano dominou o primeiro tempo e abriu um escore de 3 a 0. Mas no segundo tempo permitiu a reação do clube inglês que empatou e depois venceu nos pênaltis.

Mas o poderoso Milan voltaria, como que de costume a uma final, em 2006/07 e venceria mais uma vez. Batendo, como que em uma revanche, o próprio Liverpool, por 2 a 1.

A hegemonia do Milan era tanta que na seleção italiana campeã do mundo em 2006 havia 5 jogadores da equipe. Eram eles: Alessandro Nesta, Gennaro Gattuso, Andrea Pirlo, Alberto Gilardino e Filippo Inzaghi. O poderoso clube Rossonero vivenciava o apogeu.

Mas as coisas mudariam...

O clube manteve uma mesma base de jogadores por anos. Estes jogadores viveram o auge de sua carreira na equipe italiana ganhando tudo o que podiam. Mas uma coisa o Milan não pode evitar... A idade de suas estrelas.

Quando se deram conta, havia jogadores se aposentando ou saindo. Isso fez com que a administração corresse de forma desorganizada para repor o elenco. Poucos jogadores que chegavam eram aprovados. Isso sem falar em um grande rodízio de técnicos, que também não continuavam.

Estes fatos fizeram com que o clube, outrora sempre um potencial candidato ao titulo europeu não passasse de um mero coadjuvante na competição.

E em âmbito nacional a situação também se agravou. Praticamente não brigou mais por títulos. E muitas vezes sofreu para ficar na parte de cima da tabela.

E assim o clube já se arrasta por anos...

Mas, como esperam e sonham os torcedores, as coisas tendem a mudar desde que um grupo chinês comprou o gigante italiano. Muito dinheiro tem sido investido e bons reforços têm chegado, como os zagueiros Mateo Musacchio e Leonardo Bonucci, o lateral Ricardo Rodriguez, o volante Franck Kessie, os meias Lucas Biglia e Hakan Calhanoglu e os atacantes André Silva e Fabio Borini.

E mais devem chegar, de acordo com a diretoria.

Resta saber se irão dar certo e assim fazer o Milan voltar ao lugar que merece estar... no topo.