Na manhã desta quinta-feira, o Grêmio anunciou que o volante Maicon deverá passar por uma cirurgia por causa de fortes dores no tendão de Aquiles do pé esquerdo, e deverá ficar parado por cerca de três meses, assim ficando de fora do resto da temporada. Com isso, o atleta não poderá jogar nas partidas decisivas da Copa Libertadores e do Campeonato Brasileiro. Desde o final do ano passado, o atleta sofria com vários problemas musculares, chegando a jogar menos de 40% das partidas na atual temporada por causa das várias lesões em série sofridas.

A confirmação da necessidade da cirurgia surgiu nesta manhã, com uma entrevista do médico Márcio Bolzoni, que comentou que Maicon sofre com um tendinite crônica, que provoca um enfraquecimento no local da lesão e causa fortes dores.

Como o atleta não evoluiu bem aos tratamentos não cirúrgicos, a necessidade de uma cirurgia foi constatada pelos médicos do clube.

Maicon chegou ao Grêmio em 2015 e foi um dos grandes líderes da equipe na conquista da Copa do Brasil do ano passado. Após as lesões sofridas, Maicon foi substituído por Arthur, que tem sido um dos grandes destaques da equipe neste ano. Nesta temporada, Maicon atuou um total de 20 partidas e acumulou uma assistência.

Grêmio vende Pedro Rocha para o Spartak Moscou

No início da noite da última quarta-feira, o Grêmio oficializou a venda do atacante Pedro Rocha para o time russo Spartak Moscou [VIDEO] por cerca de 12 milhões de euros. O atacante passou por exames médicos na tarde de ontem e, após ser aprovado, assinou um contrato de cinco anos com o clube russo.

A primeira tentativa de contratação do Spartak Moscou foi no atacante, também tricolor, Luan [VIDEO]. O Spartak enviou duas propostas pelo atacante, sendo ambas recusadas pelo time gaúcho. Com isso, o clube voltou as suas forças na contratação de Pedro Rocha e acabou obtendo sucesso na investida. No início deste ano, Pedro Rocha já havia sido sondado por grandes clubes europeus, como o Sevilla da Espanha.

Pedro Rocha chegou no Grêmio em 2014 ainda para a base do clube gaúcho, subindo para o profissional no ano seguinte com o treinador Felipão. O atacante se firmou na equipe titular, mostrando um grande futebol, com o treinador Roger Machado, sendo um dos protagonistas na campanha vitoriosa do Grêmio na Copa do Brasil de 2016 marcando dois gols na final contra o Atlético-MG. Neste ano, Pedro Rocha só não superava a dupla Barrios e Luan em gols, tendo marcado 11 gols e dado 11 assistências em 38 jogos pelo tricolor gaúcho. No total, o atacante balançou as redes 36 vezes em 126 partidas.