Com passagens por Náutico e Guarani, dentre outros clubes, o atacante Silas agora trava uma luta maior do que qualquer jogo que enfrentou na carreira. Diagnosticado com leucemia há dois anos e meio, o jogador luta para arrecadar 1 milhão de reais para realizar um tratamento que é feito apenas nos Estados Unidos, antes de fazer um transplante de medula óssea. Com o objetivo de ajudar a arrecadar o montante, os jogadores do São Bento de Sorocaba, time que disputa a Série C [VIDEO] do Campeonato Brasileiro [VIDEO], gravaram um vídeo para incentivar doações ao atleta.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

Todo o elenco se reuniu e mandou uma mensagem de apoio ao colega de profissão e também se prontificaram a reunir uma quantia em dinheiro para poder colaborar com o tratamento do jogador, que está internado o no Hospital Santa Helena, em Brasília.

“A gente espera que não só o São Bento, mas todos outros times e todos os outros torcedores possam colaborar”, disse Cassinho, que jogou ao lado de Silas no Guarani e no Penapolense.

O drama do jogador começou ainda em 2014, quando ele descobriu que estava com leucemia linfoide aguda. Na época ele passou por cirurgia, um longo tratamento e ficou um bom tempo fora dos gramados. Como não conseguiu encontrar um doador de medula óssea compatível, corria-se o da doença ressurgir, o que de fato aconteceu no final do ano passado e o tratamento realizado no Brasil já não seria mais suficiente. Nos Estados Unidos ele fará a retirada das células doentes que estão no organismo para ficar apto a realizar o transplante de medula óssea.

A última vez que Silas esteve em campo foi em outubro do ano passado, ainda pela Penapolense, em jogo contra o XV de Piracicaba, válido pela Copa Paulista.

O jogador disse em uma entrevista que percebia que cansava mais que os outros jogadores, mas que nem imaginava que poderia ser o câncer novamente.

Jogadores do Palmeiras também colaboram

Os jogadores do Palmeiras também entraram na campanha para ajudar Silas a conseguir o dinheiro necessário para seu treinamento. Até o momento, já foram arrecadados 13% do valor estipulado, cerca de 130 mil reais. O jogador Alex, além de Túlio de Melo, da Chapecoense, o goleiro Douglas, do Avaí e o lateral Baiano também colaboraram com a campanha.

Você também pode ajudar

Qualquer pessoa pode colorar com essa corrente de solidariedade pelo jogador Silas. As doações poderão ser feitas através da Conta poupança 58395-2 / Agência 1227-0(Banco do Brasil), em nome de Silas dos Santos Brindeiro, CPF 990.148.072-87.