A temporada não está começando nada bem para o Barcelona. O time continua sem conseguir encontrar uma solução para a saída de Neymar, pois não está conseguindo contratar jogadores e, pior do que isso, poderia sofrer uma perda maior ainda. Após o astro brasileiro sair, poderia ser a vez de Lionel Messi fazer a jogada de saída. E, se a situação do Barça está difícil, é certo que ficaria bem pior, se essa mexida se concretizar. A informação está sendo veiculada pelo jornal inglês The Sun e abre a possibilidade de o craque [VIDEO] ir para o Manchester City, de Pep Guardiola.

O argentino poderia estar de saída para o lado azul da cidade de Manchester, na Inglaterra.

A cidade é conhecida por essa enorme rivalidade no Futebol entre o City, de azul, e o United, de vermelho. Caso o camisa 10 do Barça saia mesmo, ele vai se reencontrar com Pep Guardiola, que foi seu treinador no Barça. Ele teria ainda a companhia do grande amigo Kun Aguero, seu companheiro desde sempre na seleção da Argentina.

De acordo com o The Sun, o pai de Lionel Messi já estaria em conversações com o Manchester City, para seu filho sair do Barcelona na próxima época. Supostamente, Jorge Messi já se encontrou com Txiki Begiristain, diretor do Mancehester City, mas que esteve no Barcelona até 2012. O assunto foi o futuro de Leo, um dos melhores jogadores da história do futebol. Messi chegou quando criança ao Barcelona, onde terminou sua formação e nunca vestiu outra camisa, no futebol profissional.

De acordo com uma fonte próxima, o pai do Messi e o diretor do City estiveram conversando sobre a possibilidade de Messi se juntar ao City [VIDEO], em junho da próxima temporada, momento em que termina seu atual contrato. O jogador argentino tem 30 anos e um acordo com o Barcelona ainda por assinar. O clube havia oferecido uma possibilidade de extensão contratual a Messi, mas o craque vem adiando a assinatura desde julho. E é esse o maior receio do time, que poderia perder a sua maior estrela e ainda por cima de graça.

No entanto, o Barça permanece confiante que Messi vai mesmo assinar o acordo até 2021, mas eles sabem que o jogador espera por novos reforços para também ele assinar. Nos últimos dias, vem se acentuando um clima pesado no Barcelona e a diretiva tem sido muito contestada. Os torcedores não conseguem acreditar no que está acontecendo, quando veem o time jogando pior e sem trazer qualquer novidade, após a saída de Neymar.

Agusti Benedito, que foi candidato à presidência do Barcelona, considera inadmissível o que está acontecendo com o clube e diz que é "preocupante" Messi ainda não ter assinado. "O caso de Messi pode ser pior do que com Neymar porque agora, a partir do 1º de janeiro, ele é livre", disse Benedito, em declarações para a rádio espanhola, ele que é um dos maiores contestatários da presidência de Bartomeu, no Barcelona.