O Campeonato Brasileiro da Série C [VIDEO] poderá ter em breve uma rodada fora das quatro linhas, que inclusive poderá determinar rebaixamento. Isso porque o Macaé acusa o Bragantino de ter utilizado um jogador de forma irregular e irá acionar a equipe paulista no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva [VIDEO] (STJD).

A equipe carioca afirma que o atleta Jobinho já defendeu três times nesta temporada em competições nacionais, o que fere o artigo 46 do Regulamento Geral de Competições da CBF. O jogador ficou no banco de reservas no jogo entre São Bento e Paraná Clube pela Copa do Brasil e posteriormente defendeu Mogi Mirim e o Massa Bruta na Série C.

A expectativa da equipe do Rio de Janeiro é que os paulistas percam pontos, o que, faltando duas rodadas para o fim da primeira fase, pode determinar o rebaixamento do Braga. O Macaé é o oitavo colocado com 18 pontos ganhos, um a mais que o Bragantino, que está na zona de rebaixamento. O jogador atuou pelo Mogi em uma partida, curiosamente contra o próprio Bragantino, e depois fez outros seis jogos por seu atual clube, o último deles neste final de semana, contra o São Bento, equipe a qual iniciou a temporada.

A diretoria do Bragantino se defendeu. Por meio de sua assessoria de imprensa, o clube informou que consultou a CBF antes de relacionar o atleta e que ele só entrou em campo após a entidade informar que não haveria qualquer irregularidade. A reportagem do portal Globo Esporte entrou em contato com a Confederação para questionar se tal consulta ocorreu, mas não obteve retorno.

Esperança de escapar da degola

O Bragantino empatou no último sábado em 1 a 1 com o São Bento, em Sorocaba, em jogo que marcou a reestreia do técnico Marcelo Veiga no comando do Massa Bruta. Apesar de o resultado derrubar o time para o Z-2, o novo treinador prega otimismo para a equipe sair da zona de rebaixamento e já mira o próximo compromisso, em casa, contra o Joinville, no domingo (3).

Para o treinador, a semana inteira para trabalhar será importante para conhecer o grupo e assim buscar um bom resultado contra os catarinenses. Uma derrota, combinada a vitória do Macaé, derrubará o time paulista para a quarta divisão, independente do que aconteça nos tribunais. Para piorar, o próximo jogo do time carioca é contra o já rebaixado Mogi Mirim, no interior de São Paulo.

Caso consiga uma sobrevida, o Braga jogará sua cartada final em Minas Gerais contra o vice-líder Tupi, que poderá entrar em campo ainda dependendo de resultado para avançar as quartas de final.