O Corinthians não se acomoda com o excelente momento e já deu início ao planejamento para a próxima temporada. A diretoria do Timão estava negociando com o jovem zagueiro Emerson Santos, atualmente no Botafogo. Mas com o passar dos dias, o negócio ficou cada vez mais complicado para o clube do Parque São Jorge.

Sem muito alarde e com a ajuda da sua patrocinadora [VIDEO], o Palmeiras conseguiu atravessar as negociações e acertou a contratação de Emerson Santos para a temporada de 2018. Ele assinou um pré-contrato com o Verdão, já que seu vínculo contratual com o Botafogo ainda é válido até o final do ano.

Apesar da frustração na negociação, a diretoria do Corinthians não considera que tenha levado um "chapéu" do seu arquirrival, já que o diretor de Futebol Flávio Adauto havia informado que não entraria em um possível leilão para ficar com o zagueiro, pois o clube não passa por um bom momento financeiro e pretende investir pouco em novas contratações.

A diretoria corintiana nega ter levado um "chapéu", mas a torcida rival contraria a afirmação dos dirigentes alvinegros.

Novo chapéu?

Após estar praticamente acertado a compra [VIDEO] em definitivo do zagueiro Pablo, o Corinthians voltou atrás e não anunciou a finalização do negócio. A diretoria alvinegra já havia acertado todos os detalhes da compra com o Bordeaux, da França, clube que é detentor dos direitos econômicos e federativos do zagueiro. Mas Fernando César, empresário de Pablo, atrapalhou as tratativas e revoltou o Timão.

O Corinthians acertou a compra de Pablo com os franceses por aproximadamente 1,2 milhão de euros, e mais 15% dos direitos econômicos do ex-corintiano Malcom, que pertence ao Bordeaux, mas tinha uma pequena porcentagem de seus direitos ligados ao Timão. No entanto, o negócio sofreu uma reviravolta, devido a insatisfação de Fernando César, que queria uma comissão maior.

Os dirigentes do Timão desconfiam que existem outros clubes interessados na contratação de Pablo e por esse motivo o empresário do atleta resolveu cancelar o negócio. O alvinegro paulista não descarta a possibilidade de outras equipes estarem em negociação com Pablo e oferecendo um valor maior do qual o Timão havia oferecido.

Vale lembrar que o Corinthians tem preferência na contratação do zagueiro, podendo contratá-lo por um valor abaixo do normal. Caso haja interesse de outros clubes, o valor da transferência será de aproximadamente 7 milhões de euros.