O Vasco sofreu muito nos últimos jogos e isso culminou na demissão do técnico Milton Mendes. O treinador era visto como muito promissor no comando do time carioca, mas acabou se perdendo e se envolveu em várias polêmicas. Desde a dura derrota sofrida para o Bahia, começou a surgir vários indícios da sua demissão e isso se confirmou horas depois.

Mesmo com o duro revés, o início de semana não foi muito triste para os jogadores vascaínos. De acordo com o Uol Esporte, a saída do comandante até animou alguns jogadores do elenco vascaíno. Dentro do grupo de jogadores, todos sabiam do desgaste que Milton tinha com vários nomes do elenco.

Desde a sua contratação, todos sabiam do forte temperamento do técnico e assim ele poderia ter dificuldades com alguns jogadores. Desde a época que ele comandava o Santa Cruz surgiram histórias de uma possível convivência ruim dele com os atletas. No Cruz-Maltino não foi diferente, ainda de acordo com a publicação, alguns teriam citado que a 'máscara' estava caindo.

No clube, vários jogadores não tiveram uma boa convivência com o treinador. O primeiro caso foi o de Rodrigo, o zagueiro acabou deixando o clube carioca por conta de problemas com o treinador e hoje está defendendo as cores da Ponte Preta de Campinas, na disputa do Brasileirão.

Outro nome foi Nenê. O jogador se viu tratado como mais um jogador pelo treinador e o fez jogar em outra função, onde precisaria de muito mais esforço físico.

Por conta disso, o camisa 10 pediu para sair do Vasco, mas há poucos dias eles se acertaram e tudo voltou ao normal. Boatos dizem que Nenê fez esforço para voltar porque entendia que o treinador não iria demorar muito tempo no comando.

Milton Mendes foi o segundo técnico do Vasco na temporada. O clube carioca sofreu no início do ano com a contratação de Cristóvão Borges, mas o treinador acabou não fazendo com que o time mostrasse um bom Futebol e foi demitido depois da eliminação da Copa do Brasil para o Vitória.

Sob o seu comando técnico, o clube conseguiu fazer uma boa campanha em casa nos primeiros jogos do Brasileirão, mas após a punição sofrida por conta de brigas em São Januário, o time [VIDEO]não pode mais atuar em casa e viu o rendimento despencar. Sofrendo muitos gols, o sistema defensivo vascaíno ficou muito exposto e isso também prejudicou a equipe, já que em muitos jogos começou atrás do placar e não demonstrou forças para buscar uma virada no placar e somar os três pontos.