Afastado do elenco do São Paulo [VIDEO] deste a derrota para o Atlético Mineiro, o zagueiro [VIDEO] Lucão já tem um novo clube. A diretoria do Tricolor anunciou o empréstimo do jogador ao Gil Vicente, que atualmente disputa a segunda divisão do Campeonato Português.

Lucão irá para o time luso sem custos, tendo que arcar apenas com o salário do jogador durante o período de empréstimo, que é de um ano. Caso queria ficar com o zagueiro em definitivo, o Gil Vicente terá que desembolsar 2 milhões de euros, algo em torno de R$ 7,5 milhões, além de ter 20% da diferença sobre uma futura venda. Por exemplo, caso o jogador seja vendido por 5 milhões de euros, o Tricolor ficaria com 20% em cima de 3 milhões de euros, que é a diferença entre o valor de compra e venda.

Revelado nas categorias de base o São Paulo e muito elogiado pelo ex-técnico Osório, Lucão nunca foi unanimidade na zaga do time paulista, sendo muito contestado pelos torcedores. O ponto final da passagem dele pelo Morumbi foi após a partida contra o Atlético Mineiro, pelo Campeonato Brasileiro, quando muito vaiado pelos torcedores, deu uma entrevista afirmando que eles (os torcedores) poderiam ficar tranquilos, pois logo estaria indo embora. Depois disso, o jogador nunca mais vestiu a camisa do clube e passou a treinar em separado.

Em busca de goleiro

Enquanto se desfaz de um zagueiro, o São Paulo ainda segue sua busca por um novo goleiro para a próxima temporada. A bola da vez é o Franco Armani, de 30 anos, titular da equipe do Atlético Nacional.

A diretoria do São Paulo nega que tenha enviado proposta para o jogador e um fator que pode pesar contra sua chegada é o alto número de estrangeiros no time.

Atualmente, são seis jogadores de outros países no elenco e no futebol brasileiro é permitido que apenas cinco jogadores de fora sejam relacionados para uma partida. O São Paulo, inclusive, teve que deixar Lugano fora de alguns jogos para não exceder esse limite.

Preparação para o clássico

O São Paulo faz neste domingo (27) o clássico diante do Palmeiras, no Allianz Parque, buscando quebrar o tabu de nunca ter pontuado no estádio do adversário. Como nos clássicos paulistas está instituída a torcida única, o São Paulo decidiu abrir os portões para o torcedor [VIDEO]no último treino, que será realizado no estádio do Morumbi.

Os trabalhos começam às 8h30, mas o portão 15, por onde será feito o acesso, será aberto uma hora antes. A diretoria espera 30 mil pessoas e para entrar o torcedor deverá levar um quilo de alimento não perecível, exceto açúcar e sal.