A dança dos técnicos pode ganhar mais um integrante , nesta segunda-feira (21). Após a 20ª rodada do Campeonato Brasileiro ter passado ilesa, sem nenhuma queda, os resultados deste final de semana podem provocar a mudança de comando em, ao menos, um time. Após a derrota por 3 a 0 sobre o Bahia, a diretoria do Vasco [VIDEO] fará uma reunião com Milton Mendes e sua saída não está descartada.

O time cruz-maltino não vence há cinco rodadas, e o resultado trazido de Salvador o deixa muito perto da zona de rebaixamento. A equipe é a última fora da zona de rebaixamento, na 16ª posição, com 25 pontos, apenas dois a mais que o São Paulo, primeira equipe dentro do Z-4.

A pressão sobre o treinador, que havia chegado no meio da disputa do campeonato estadual, aumenta cada vez mais. Pessoas ligadas ao presidente Eurico Miranda defendem a demissão de Mendes, porém a decisão caberá exclusivamente ao mandatário vascaíno, que não esteve na capital baiana para acompanhar a partida. Em caso de troca, a diretoria deverá adotar uma postura econômica, deixando de lado nomes badalados.

Também é nítido o desgaste de Milton Mendes com o elenco, e não foram raros os rumores de desavença entre ele e alguns atletas. Luís Fabiano e Nenê já haviam reclamado da intensidade dos treinamentos, sendo que o segundo até pediu para deixar o clube, mas acabou sendo reintegrado semanas depois.

No próximo sábado (26), às 16 horas, no Maracanã, o Vasco fará, na condição de visitante, o clássico contra o Fluminense, jogo que pode derrubar o time para o Z-4 em caso de derrota e triunfos de São Paulo, Vitória ou Avaí.

Após esta rodada, o campeonato dará uma pausa de duas semanas, voltando apenas no dia 10.09, quando haverá o jogo contra o Grêmio. Mesmo que seja mantido até o próximo final de semana, dificilmente ele se manteria após um novo tropeço contra o Flu, e esse período de 15 dias sem jogos seria bem oportuno para que um novo técnico começasse a trabalhar.

Foco na Libertadores

Mesmo estando muito próximo da zona de rebaixamento, o foco de Milton Mendes segue sendo uma vaga na Copa Libertadores da América, pelo menos esse foi o discurso do treinador após a derrota por 3 a 0 para o Bahia, em Salvador. “Nosso objetivo é Libertadores. Sempre falamos isso. Vamos lutar por ela. Essa é a nossa ideia”, disse.

Apesar de, em um primeiro momento, o discurso parecer otimista demais levando em conta a posição do time na tabela, os números podem manter a esperança do treinador em alcançar o objetivo proposto. Com 25 pontos ganhos, o time está apenas cinco atrás do Cruzeiro, que é a primeira equipe dentro do G-6.

Também há o fato de três times dentre os seis melhores colocados estarem nas semifinais da Copa do Brasil e, caso um deles seja campeão, abrirá uma sétima vaga.

No G-6, há times que estão brigando pelo título da Libertadores (Santos e Grêmio), além da Sul-Americana, no caso de Corinthians e Flamengo. Com isso, uma vaga na competição continental poderia se estender até o nono colocado, posição ocupada pelo Botafogo, que trem três pontos a mais que o time vascaíno.