Lançando por Rogério Ceni no time principal durante a partida contra o Atlético Paranaense, o garoto Brenner está muito perto de renovar seu contrato [VIDEO] com o São Paulo [VIDEO]. O atual contrato do jogador é válido até 2020 e a intenção da diretoria é estender esse acordo por mais dois anos, dando um aumento salarial para que sua multa rescisória, que atualmente gira em torno de R$ 8,5 milhões para clubes brasileiros, também aumente.

Até o momento já foram feitas três reuniões entre a diretoria do Tricolor e o empresário Tiago Guadagno, que representa o jogador, de apenas 17 anos. O clube ofereceu um pano de carreira e o empresário solicitou que fossem feitas algumas alterações.

Agora tudo depende da assinatura do contrato, que deverá acontecer assim que o representante do atleta voltar de viagem à Europa. Segundo pessoas de dentro do clube, a única pendência é saber como será feito o pagamento de luvas, mas isso, segundo essas pessoas, não deverá criar maiores problemas.

O clube aposta muito no jogador para o futuro, vendo nele um grande potencial para a conquista de títulos e uma grande negociação. A diretoria ficou bastante satisfeita com a postura do empresário, que entende que a permanência do jogador no São Paulo é a melhor opção para a joia.

Pela categoria sub-17, o jogador fez 42 gols em apenas 19 jogos. Também fez duas partidas pela categoria sub-19, tendo feito dois gols. Após a estreia diante do Furacão, Brenner voltou para o sub-17 para a disputa da Taça BH, onde foi campeão e artilheiro.

De volta ao profissional, jogou em Salvador contra o Bahia e esteve no banco de reservas na vitória por 3 a 2 diante do Cruzeiro.

Lugano pendurado

Mesmo sem entrar em campo, o zagueiro Lugano recebeu cartão amarelo na partida contra o Cruzeiro e está pendurado. A advertência ocorreu após o gol marcado por Hernanes, quando o uruguaio invadiu o campo para comemorar. Esta foi a terceira vez que ele recebeu cartão amarelo sem estar atuando. As outras duas advertências, ambas por reclamação, ocorreram nos jogos contra Atlético Paranaense e Fluminense.

Em 16º lugar do Campeonato Brasileiro com 22 pontos, o São Paulo volta a jogar no próximo domingo (20), contra o Avaí, às 16 horas, na Ressacada. Para este duelo o Tricolor terá desfalques no ataque. Lucas Pratto, expulso contra o Cruzeiro, terá que cumprir suspensão, assim como Marcinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo na mesma partida.