As coisas começaram a ficar preocupantes para o Vasco. O time acabou perdendo, em Salvador, por 3 a 0 para o Bahia e acabou encostando na zona de rebaixamento. Devido a isso, o técnico Milton Mendes acabou sendo demitido e Valdir Bigode comandou interinamente o clássico contra o Fluminense no domingo (27), que terminou com uma vitória vascaína após passar cinco rodadas sem vencer.

A vitória deu um novo ânimo aos vascaínos, que ficou mais longe da zona de rebaixamento com 28 pontos conquistados após 22 rodadas. Assim, aumentou as chances de não jogar a Série B em 2018.

Hoje, as chances ainda são grandes, com 27% de rebaixamento, mas as coisas já foram muito piores para o Vasco, de acordo com o site Chance Bola.

Com outros times lá em baixo na tabela de classificação, o Vasco precisa fazer somente uma sequência de vitórias para ver essas chances de rebaixamentos despencarem e deixar o torcedor tranquilo e pensando já em 2018.

O clube tinha um sonho de voltar a jogar a Libertadores, mas os resultados ruins quando o time era comandado por Milton Mendes deixaram a equipe em uma péssima situação, diminuindo jogo a jogo as chances de se classificar [VIDEO]para o torneio internacional. Hoje, de acordo com o site, é de apenas 1% de possibilidade.

Entretanto, caso o Gigante da Colina consiga três [VIDEO], quatro vitórias consecutivas, o time volta a brigar entre os primeiros colocados e aumenta a chance de terminar a temporada entre os primeiros colocados.

Outra grande chance é do time conseguir uma vaga na próxima Copa Sul-Americana.

Atualmente, são de 27%, um bom resultado para um equipe que vem da Série B, teve dois treinadores nesta temporada e ainda não conseguiu mostrar um grande Futebol.

O trabalho agora segue sobe o comando de Zé Ricardo. O ex-treinador do Flamengo assumiu o comando do Gigante da Colina e tem a missão de fazer um segundo turno digno e deixar o mais longe possível o time da zona de rebaixamento. O próximo confronto pelo Brasileirão é contra o Grêmio. O time gaúcho está na cola do Corinthians e promete buscar o resultado no Rio de Janeiro.

Porém, essa partida é apenas três dias antes do duelo válido pela Libertadores. Devido a isso, a tendência é que o Grêmio jogue com o time reserva e aumente as chances de mais uma vitória vascaína, o que faria com que a equipe disparasse na tabela e deixasse a zona de rebaixamento muito longe.

O duelo contra o Grêmio é somente no dia 10 de setembro, um domingo, em partida válida pela 23ª rodada do Brasileirão.