Através de sua versão eletrônica, o jornal Extra publicou uma reportagem na qual afirmava haver uma certa apreensão no Fluminense quanto a um suposto abatimento do técnico Abel Braga após o trágico falecimento de seu filho João Pedro, acontecido há um mês. Em entrevista ao programa "Redação Sportv" nesta sexta, o comandante da equipe das Laranjeiras, visivelmente irritado, negou envolver a sua vida pessoal com o trabalho e reafirmou a satisfação de dirigir o Tricolor.

"É lamentável as pessoas que perguntam determinadas coisas e querem que você responda determinadas coisas que interessam para elas. Ele não tem que me fazer essa pergunta.

Ele está aqui para me falar sobre o Fluminense [VIDEO]. Eu falo que a minha grandeza está na verdade. A dedicação que eu tenho com esse clube é ímpar. Me sinto bem no clube, com as pessoas, com o torcedor", desabafou.

O dia foi agitado para o treinador. Pela manhã, dirigiu, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, mais uma atividade, visando o compromisso de domingo, às 16h (de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, diante dos donos da casa, válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais tarde, recebeu, na Câmara dos Vereadores do Município do Rio de Janeiro, a condecoração de personalidade carioca no esporte em 2017.

Em relação ao jogo no final de semana, o time permanece sendo um mistério, mas, de acordo com o repórter Victor Mendes, do portal Mias Esportes, haverá quatro mudanças em relação à derrota de 1 a 0 para o Palmeiras, no Maracanã.

Os melhores vídeos do dia

Uma delas, já confirmada pelo próprio Abel, é o retorno de Diego Cavalieri ao gol no lugar de Júlio César. As outras alterações seriam as entradas de Reginaldo na zaga, substituindo Nogueira, punido com o terceiro cartão amarelo, Richard como primeiro volante na vaga de Orejuela, que atravessa um mau momento e Júnior Sornoza no meio com Gustavo Scarpa sendo adiantado para encostar no centroavante Henrique Dourado.

Sendo assim, o Fluminense, 12º colocado com 31 pontos e necessitando vencer para se afastar da zona de rebaixamento e ainda buscar um lugar no G-6, grupo dos que estarão na próxima Taça Libertadores, iria a campo tendo a seguinte escalação: Cavalieri, Lucas, Reginaldo, Frazan e Léo; Richard, Douglas, Wendel e Sornoza; Gustavo Scarpa e Henrique Dourado.

No sábado, pela manhã, novamente no CT Pedro Antônio, acontece o último treinamento da semana. Logo depois, o grupo segue para o Aeroporto Internacional Tom Jobim. O desembarque em Porto Alegre acontece no final da tarde.