Mais de 60 mil pessoas reservaram a manhã de domingo para estarem no Morumbi acompanhando o clássico entre São Paulo e Corinthians, em mais uma importante rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. O maior público do futebol brasileiro na temporada acompanhou uma partida eletrizante e com chances para os dois lados. No final das contas, o líder Corinthians foi buscar o empate e frustrou os planos do tricolor em se afastar mais da zona do rebaixamento.

Mas, para o volante Petros, autor do gol do São Paulo ainda no primeiro tempo, o jogo teve apenas um dono. Em sua análise, o tricolor mandou na partida e "envolveu completamente" o adversário.

Ele ainda reclamou de falta de Rodriguinho em Júnior Tavares no lance que originou o empate do Corinthians [VIDEO], em um belo chute de Clayson já na reta final do segundo tempo.

"Hoje nós demos uma aula de futebol. Mandamos no jogo. Para vocês verem... o São Paulo, que é o time que está disputando contra o rebaixamento, deu uma aula no líder. Jogamos bem melhor que o principal time do campeonato, que é o líder por méritos", disparou o volante.

Reclamação de falta no gol

Petros foi jogador do Corinthians em 2015 e em seguida se transferiu para o Bétis, da Espanha, tendo voltado ao Brasil para defender o São Paulo já durante o primeiro turno do Brasileirão. Para ele, houve falta de Rodriguinho na origem da jogada do gol de empate do Timão.

"A reclamação é pelo gol deles. Esse tipo de lance ocorre 50 vezes na partida e é falta.

Os melhores vídeos do dia

O zagueiro protege a bola para ela sair e é normal que sofra a carga. Ele não deu. Depois o árbitro disse que o Júnior Tavares nem reclamou. Claro que não, o jogo seguiu rolando e ele não iria parar para reclamar", lamentou.

Em entrevista na saída de campo, Petros negou que tenha tentado cruzar na hora do seu gol. Ele assegurou que chutou em direção ao gol na tentativa de surpreender Cássio, que caiu atrasado na bola. No fim do jogo, o goleiro corintiano [VIDEO] recompensou com uma linda defensa em um cabeceio do volante Jucilei, que poderia ter decretado a vitória dos mandantes.

O resultado manteve o Corinthians no primeiro lugar da tabela com 54 pontos, dez a mais que o Santos - que venceu em casa o Atlético-PR por 1x0 no sábado - e 11 que o Grêmio, que ainda joga na rodada fora de casa contra o Bahia. Já o São Paulo foi para o 15° lugar com 28 pontos, mas pode retornar à zona do rebaixamento dependendo dos resultados de Ponte Preta, Bahia e Coritiba, que também jogam neste domingo.