O #sport ainda vive uma forte tempestade. O Leão sofreu nos últimos jogos, chegando a seis partidas sem saber o que é uma vitória no Brasileirão. Perder para o Avaí é duro, mas normal. O que não foi normal foi ser goleado pelo Grêmio por 5 a 0 com vários jogadores reservas. Com a péssima atuação, Luxemburgo perdeu a paciência com os jogadores [VIDEO]e soltou várias críticas, dizendo que estava 'envergonhado'.

Veio a partida contra o Avaí, onde o time poderia dar a volta por cima, mas acabou se afundando mais ainda, perdendo por 0 a 1 e se complicando na tabela de classificação.

O Leão fez uma boa partida diante da PontePreta e acabou vencendo por 3 a 1 e se aproximando das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Após a vitória, Luxa explicou as suas falas:

''Às vezes o remédio é doído, mas é preciso dar esse remédio, é preciso ser feito alguma coisa. O que ficou claro para mim foi que eu falei uma coisa e encaminharam outra. Em minha entrevista após o jogo contra o Grêmio, em nenhum momento eu falei em trocar jogador ou citei algum nome. Isso tudo foi interpretado pelas pessoas. Disse que queria que a equipe mudasse de atitude. Eles têm para dar, podem dar. Mostraram hoje'', afirmou o treinador do rubro-negro.

Agora o Leão terá uma grande vantagem para o próximo jogo e tem tudo para ir para as quartas de final. O Leão sonha em longe nessa competição e conseguir o título internacional. O clube ainda tem uma grande batalha pela frente, que será enfrentar o Flamengo fora de casa e assim tentar respirar no Brasileirão.

O jogo contra o time carioca é complicado, já que o Flamengo está querendo sair de um momento complicado, sem boas atuações e vê o duelo contra o Sport [VIDEO]como uma grande oportunidade. A partida é cheia de rivalidade, no primeiro confronto do Brasileirão, o Leão levou a melhor na Ilha do Retiro, um jogo que ficou marcado pela falha incrível do goleiro Muralha, do Fla.

A vitória sobre a Ponte Preta irá deixar o clima melhor, mas tudo irá voltar ao se conseguir uma grande vitória em cima do Flamengo, um rival duro e tradicional, que ganha ainda mais rivalidade com o Brasileirão de 1987.

Para essa partida o técnico Luxemburgo não poderá contar com Diego Souza, melhor jogador do rubro-negro pernambucano por conta do terceiro cartão amarelo. O jogador só voltará em campo no duelo seguinte, contra outro carioca, dessa vez o Vasco, em jogo válido pela 25ª rodada do Brasileirão, na Ilha do Retiro. #Futebol