Depois de muita ansiedade e aflição do brasileiro apaixonado por Futebol, a espera chegou ao fim. Há um tempo só se fala em quais jogadores estariam na convocação da seleção. Vinte e quatro atletas foram selecionados entre titulares e reservas. Dessa vez temos um jogador a mais que o de costume. Para sua convocação, Tite usou como critério não se basear só no momento atual do jogador e sim no seu histórico total e experiência em campo e também na Seleção Brasileira [VIDEO].

A lista de convocados pelo técnico são os goleiros Alisson que joga no Roma, o Cássio do Corinthians e Ederson do Manchester.

Já na defesa contaremos com Dani Alves [VIDEO] do PSG na França, Danilo também jogador do Manchester, Felipe Luiz do Atlético de Madri, Lemerson do Mônaco.

Ainda na lista: Marcelo do Real Madri, Miranda do Inter de Milão e finalizando a defesa, Thiago Silva do PSG.

Os meios-campos serão Arthur, jogador do Grêmio, Casemiro do Real Madri, Diego que é do Clube de Regatas do Flamengo, Fernandinho do Manchester, Fred que joga na Ucrânia, Paulinho do Barcelona, Philippe Coutinho do Liverpool, Renato Augusto que joga na China e Willian do Chelsea.

Por fim, os atacantes da seleção serão Diogo Tardele também jogador da China, Firmino do Liverpool, Gabriel Jesus atleta do Manchester e pra fechar com 'chave de ouro', o idolatrado Neymar que no momento se encontra no clube da França, o PSG.

Tite veio com algumas mudanças que eram especuladas pelos torcedores sobre o que viria de novidade e o técnico sempre traz algumas surpresas de última hora.

De acordo com a reação do público, a maioria dos torcedores está satisfeita com a escolha do técnico que é muito respeitado e idolatrado por muitos.

Tite passou o nome dos 24 jogadores que serão convocados para jogarem nas eliminatórias para a Copa da Rússia de 2018 contra a Bolívia no dia 5 de Outubro e contra o Chile em 10 de Outubro. No entanto, não falou quais seriam os titulares.

Os jornalistas questionaram a convocação de jogadores que no momento não estão em sua melhor forma. E Tite sem nenhum medo disse que pode ser uma fase, que ele tem ainda 11 meses para a observação de todos os convocados e que não pode garantir que sairá vitorioso da Copa do Mundo. Ele diz que espera e trabalha para conseguir a taça, mas que realmente não tem como prever o que vai acontecer, pois o futebol é muito imprevisível e ainda temos que contar com fato de não poder evitar que jogadores fundamentais sofram alguma contusão durante as partidas.