Não bastasse a má fase de Borja, que há três meses não balança das redes, o ataque do Palmeiras corre o risco de perder o artilheiro Willian. O jogador foi expulso na partida contra o Atlético Mineiro, válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, por ter pisado no meia atleticano Valdívia. Ele foi denunciado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), e enquadrado no artigo 254-a, que prevê suspensão de até 12 partidas.

Publicidade
Publicidade

Veja o lance no vídeo abaixo:

Outro atleta expulso naquela partida, o zagueiro Luan também será julgado pelo pênalti cometido no jogo, porém o período de suspensão é bem menor, podendo chegar a três jogos. Os dois atletas já cumpriram suspensão automática na partida da última segunda-feira (18), contra o Coritiba, no estádio do Pacaembu. Como julgamento será apenas na próxima semana, esses têm condição de enfrentar o Fluminense, neste domingo (24), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Não bastasse o risco de perder dois jogadores importantes em uma fase decisiva do Brasileirão, o jogo contra o Galo trouxe ainda outro transtorno para o Palmeiras. Por ter errado o nome de Luan na súmula, o Palmeiras corre ainda o risco de ter que pagar uma multa que varia entre 100 e 100 mil reais.

Com 40 pontos ganhos em 24 jogos, o Palmeiras é o quarto colocado do Campeonato Brasileiro, estando apenas um ponto atrás do Santos, terceiro colocado, e a três do vice-líder Grêmio.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Palmeiras PaixãoPorFutebol

Apesar de estar 13 pontos atrás do líder Corinthians, o discurso na Academia de Futebol é de que o título ainda é possível, uma vez que ainda há o confronto direto e o alvinegro passa por um momento de oscilação dentro da competição. Por outro lado, uma resultado positivo também é importante para se manter dentro do G-6, uma vez que o Botafogo, o sétimo colocado está apenas três pontos atrás.

Escudo “desmatado”

Além da cor predominante do time, o verde também simboliza a natureza.

E o departamento de marketing do Palmeiras usou essa simbologia para promover uma campanha em parceria com a SOS Mata Atlântica. Pela manhã, as fotos de perfil nas redes sociais do clube foram substituídas por pelo símbolo clássico do clube, porém com quase nenhum verde e 90% ocupado pela cor branca, o que despertou muita curiosidade dos seguidores.

A porcentagem de verde tirada do escudo é a mesma que quantidade desmatada de floresta tropical e o clube aproveitou o fato de 21 de setembros ser o Dia da Árvore para promover a campanha de conscientização.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo