Após 44 anos o alvinegro carioca voltou a jogar, na noite desta quarta-feira, 13 de setembro, as quartas-de-finais da Copa Libertadores da América. O resultado não foi o que a torcida esperava, já que, no Estádio Nilton Santos, jogando esta competição, o time costuma obter resultados positivos - exceto na derrota para o Barcelona de Guayaquil ainda na fase de grupos, por 2x0. O Grêmio, adversário desta vez, tinha desfalques importantes do zagueiro Pedro Geromel e do meia-atacante Luan.

Porém, nenhuma das duas equipes ofereceu riscos grandes para as defesas.

Todas as oportunidades de gol, foram facilmente defendidas por Gatito Fernandez e Marcelo Grohe.

A partida foi nervosa, com muitos passes errados da equipe carioca e muitas faltas, porém, poucas para cartão - apenas Matheus Fernandes e Rodrigo Pimpão, ambos alvinegros, tomaram amarelo. Já o time gaúcho, buscava aproveitar esses erros alvinegros, mas sem êxito, por conta da boa atuação da defesa botafoguense. Porém, o erro que mais incomodou a torcida e os jogadores da casa foi o do árbitro venezuelano José Argo.

No início do segundo tempo, o lateral-direito Edilson, cometeu um pênalti no ala alvinegro Gilson, o juiz não entendeu assim e não marcou a penalidade.

Após a partida, em conversa com a imprensa, o Gilson contou o que achou.

– Na minha opinião foi pênalti, o Edílson me calçou. Pênalti claro, cheguei no vestiário e a primeira coisa que fiz foi ver o lance, e me deu mais certeza ainda que foi. Infelizmente o juiz não marcou, bola para frente. - Comentou o jogador do Botafogo.

Com o placar zerado, a partida de volta será extremamente decisiva, podendo ainda ir a pênaltis, se o resultado for o mesmo.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Futebol

Qualquer empate, com gols, dará a classificação para a semifinal da competição para o time alvinegro. E assim, confirmará a fama que vem ganhando ao longo das fases de "Exterminador de Campeões". Pelo caminho, o Botafogo já deixou para trás times como Colo-colo, Olímpia, Atlético Nacional, Estudiantes e Nacional do Uruguai, todos já possuem o título de campeão da Libertadores no currículo. Título esse que falta para o alvinegro carioca.

O Botafogo volta a campo pela vigésima quarta rodada do campeonato Brasileiro, no próximo sábado, dia 16, às 19 horas, no Estádio Nilton Santos, para enfrentar o Santos.

Já pela Libertadores, o jogo de volta acontecerá na próxima quarta-feira, na Arena do Grêmio, às 21h45.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo