O meia peruano Christian Cueva encerrou a polêmica envolvendo ele e o zagueiro Rodrigo Caio [VIDEO], nesta segunda-feira (11). Sábado, após o empate por 2 a 2 com a Ponte Preta, no Morumbi, o jogador foi procurado pelos repórteres e pediu que eles falassem com Rodrigo Caio. Durante a semana, o zagueiro havia afirmado que Cueva precisava se ajudar para voltar a jogar bem.

Claro que com o time na zona de rebaixamento, essa polêmica se tornaria o assunto do momento dentro e fora do clube e encheria os torcedores, já tão assustados com a iminente queda, de preocupação.

Antes do treino desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, Cueva e Rodrigo Caio conversaram por cerca de 30 minutos e o meia pediu desculpas pelo comentário que fez após o empate contra a Ponte Preta.

Desculpa

Após o treinamento, Cueva declarou que o errado na história era ele e pediu desculpas publicamente a Rodrigo Caio. O pedido desculpas público se aplicou a Caio e a todo o grupo do São Paulo, de acordo com o titular da seleção peruana.

As declarações e os pedidos de desculpas trazem um pouco de paz para um ambiente que está conturbado pela má fase da equipe. Os torcedores são-paulinos, mesmo os mais otimistas, veem como possível o rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

O meia peruano vem apresentando futebol abaixo da crítica nas últimas partidas. No ano passado, Cueva foi um dos principais jogadores do São Paulo e virou queridinho da torcida, especialmente após a atuação com três assistências e um gol na vitória por 4 a 0 sobre o Corinthians, no segundo turno do Brasileirão.

Na internet, muitos são-paulinos ficaram contra o meia. Para alguns, ele tem atuado bem e com vontade na seleção peruana. Já no Tricolor, a atuação tem sido fraca e sem demonstrar vontade.

O jogador afirmou que futebol é feito de momento e acredita que em algum momento o São Paulo vai tomar outro caminho e sair da situação terrível em que se encontra.

Família

Cueva afirmou que o São Paulo vai melhorar com trabalho dos jogadores. Segundo ele, não há brigas no elenco. “Penso que somos uma família e nas famílias também há problemas", afirmou o meia. O São Paulo é o penúltimo colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 24 pontos. Á frente somente do lanterna Atlético-GO, que tem 19.

A primeira equipe fora da zona de rebaixamento, na 16º colocação, é o Coritiba, que soma 27 pontos.Na próxima rodada, o São Paulo visita o Vitória, no Barradão, no domingo (17), às 16h (horário de Brasília).