Noite de 5 de novembro de 2016. Em jogo realizado em um sábado, no estádio do Morumbi, o São Paulo [VIDEO] goleava o Corinthians [VIDEO] por 4 a 0, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, ajudando de vez o Tricolor a tirar qualquer risco de rebaixamento e ainda complicando a vida do rival na briga por uma vaga na Libertadores. Pouco mais de dez meses depois, muita coisa aconteceu e apenas dois jogadores daquele time que estiveram em campo seguem como titulares no time do Morumbi.

Um deles é o peruano Cueva, que teve atuação de gala. Além de bater um pênalti com cavadinha, ele ainda deu assistência para os outros três gols do time.

O outro titular foi Rodrigo Caio, que neste ano já se envolveu em uma grande polêmica envolvendo fair play e que voltou a ganhar destaque na imprensa esportiva após o gol de Jô marcado contra o Vasco na semana passada.

Além dos dois titulares, apenas o goleiro Denis, e Buffarini também atuaram naquela partida, mas hoje são reservas. Renan Ribeiro, Lugano e Gilberto também foram relacionados para aquele clássico, mas ficaram no banco de reservas.

Já o #Corinthians não teve muitas mudanças em relação ao time que foi goleado em novembro passado. Na zaga Vilson era o companheiro de Balbuena, enquanto que na lateral-esquerda Uendel, hoje no Internacional, deu lugar ao atual titular Guilherme Arana no decorrer da partida. No meio de campo, Willian era um dos volantes, posição hoje ocupada por Gabriel, enquanto que no ataque, Guilherme era o encarregado de fazer os gols.

Rildo, que também não está mais no Parque São Jorge, entrou no decorrer do jogo.

Naquele jogo, o então time dirigido por Ricardo Gomes começou a partida com Denis no gol, a defesa formada por Buaffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena. O meio de campo teve Thiago Mendes, João Schmidt, David Neres (depois Wesley), e Cueva. Chavez (depois Pedro) e Kélvin (depois Luiz Araújo), fora os atacantes.

Já o Corinthians, dirigido por Oswaldo de Oliveira, entrou em campo com Cássio no gol, Fagner, Balbuena, Vilson e Uendel (depois Guilherme Arana) na defesa. O meio de campo teve William, Marquinhos Gabriel (depois Rildo), Giovanni Augusto, Rodriguinho e Romero. Guilherme no ataque, que depois deu lugar a Camacho.

Duelos em 2017

De lá pra cá, os times se encontraram mais cinco vezes, sendo a primeira delas em janeiro, na Florida Cup, que terminou empatado em 0 a 0 e vitória do São Paulo nos pênaltis. Pelo Campeonato Paulista, os times empataram em 1 a 1 no Morumbi, pela primeira fase, depois, já pelas semifinais, no mesmo local, o alvinegro venceu o rival por 2 a 0, em partida que ficou marcada pelo já discutido à exaustão fair play de Rodrigo Caio. No jogo de volta, na Arena Corinthians, o empate em 1 a 1 colocou o Timão na decisão do estadual. O último encontro, já pelo Campeonato Brasileiro, também disputado na arena corintiana, os donos da casa venceram por 3 a 2. #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol