O Flamengo viajou para enfrentar a equipe da Chapecoense nesta quarta-feira (13), em jogo válido pelas oitavas de final da Taça Sul-americana. O Rubro-Negro carioca, que eliminou o Palestino na fase anterior, tem uma Chapecoense, que está ameaçada de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, pela frente. A equipe catarinense demitiu o treinador Vinicius Eutrópio após derrota para o Cruzeiro na última rodada do Brasileirão e atravessa momento delicado.

O Flamengo foi a Santa Catarina com força máxima para enfrentar a equipe da Arena Condá e tem a obrigação de voltar com um resultado positivo para o Rio de Janeiro, visto que o Flamengo fez um investimento altíssimo para a temporada e enfrenta um time com orçamento bastante inferior e afundado em uma crise por maus resultados no Campeonato Brasileiro.

O treinador Reinaldo Rueda [VIDEO], que poupou diversos jogadores na partida contra o Botafogo, na última rodada do Brasileirão, viajou com os seguintes jogadores para a disputa de uma vaga nas quartas de final da Sul-Americana:

Goleiros: Diego Alves, Thiago e Alex Muralha.

Laterais: Rodinei, Pará, Trauco.

Zagueiros: Réver, Rhodolfo, Juan, Rafael Vaz.

Meias: Cuéllar, Willian Arão, Márcio Araújo, Diego, Gabriel, Éverton Ribeiro, Paquetá.

Atacantes: Guerrero, Berrío, Everton e Vinicius Júnior.

Com destaque para as ausências do volante Rômulo e do atacante Geuvânio que jogaram contra a equipe do Botafogo na última rodada do Campeonato Brasileiro e apresentaram uma performance bem abaixo do esperado. Talvez seja o motivo pelo qual o treinador colombiano Reinaldo Rueda deixou-os de fora da lista de atletas que enfrentarão a Chapecoense.

O Flamengo faz o primeiro jogo contra a Chapecoense, na Arena Condá, nesta quarta-feira (13), pelas oitavas de final da Taça Sul-Americana, às 19h15. O jogo de volta será no dia 20 de setembro, na Ilha do Urubu, também às 19h15. O Rubro-Negro carioca atravessa momento conturbado no Campeonato Brasileiro, podendo até mesmo ficar fora do G6 na próxima rodada.

O Flamengo tem a missão de eliminar a Chapecoense na Sul-Americana para recuperar o ânimo da equipe no Brasileirão e também gerar confiança para reverter o resultado adverso diante do Cruzeiro, que na primeira partida da final da Copa do Brasil [VIDEO] arrancou um empate do no fim do jogo, em falha clamorosa do jovem goleiro Thiago.

A primeira partida da final foi realizada no Maracanã na última quinta-feira (7) e terminou em 1 a 1. Com isso, o Flamengo precisará vencer a partida de volta no Mineirão ou, em caso de empate, conquistar o troféu na disputa de pênaltis.