O clima é de decisão nesta quarta-feira (20) para a equipe do #Flamengo. Sem poupar jogadores, #Rueda vai botar em campo o que o Flamengo tem de melhor para o jogo de volta da Copa Sul-Americana, que promete ser um grande jogo e ainda mais emocionante do que o jogo de ida em Chapecó. Vale lembrar que o Flamengo também disputará a final da Copa do Brasil, quarta-feira (27) que vem, em Belo Horizonte.

A partida de ida, na Arena Condá, em Chapecó, na quarta-feira passada (13/09/2017) foi um jogo bem difícil para ambas as equipes. Neste jogo, a #Chapecoense teve as melhores chances mas, ainda assim, não vazou as redes da equipe rubro-negra, e a partida terminou empatada em 0x0.

Segundo o site do Esporte Interativo, o Flamengo deverá ir com força máxima para o jogo das 19h15 (de Brasília) desta quarta-feira. Depois do treinamento fechado para a imprensa desta terça-feira (19), nenhum dos principais jogadores do Flamengo deixou o estádio sem estar acompanhado da delegação. Os atletas que não concentraram foram: Conca, Felipe Vizeu, Mancuello, Rômulo, Renê, Cesar, Gabriel Batista, o goleiro Thiago e o meia Éverton (ambos lesionados).

Depois da solicitação de saída da imprensa do CT, 21 jogadores permaneceram na concentração. Com isso, o técnico Rueda precisa tirar ainda três nomes para chegar na relação final que ficará à disposição para o jogo. Segue, em ordem alfabética, a lista de opções do técnico Rueda:

Goleiros: Diego Alves, Muralha [VIDEO]

Laterais: Pará, Rodinei, Trauco

Zagueiros: Juan, Réver, Rhodolfo e Vaz

Meio-campistas: Cuéllar, Diego, Everton Ribeiro, Lucas Paquetá, Márcio Araújo, Matheus Sávio e Willian Arão

Atacantes: Berrío, Gabriel, Geuvânio, Guerrero e Vinicius Jr

O time provável poderá ter: Diego Alves, Rodinei, Réver, Juan (Rhodolfo) e Pará, Cuéllar, Willian Arão e Diego; Berrío, Everton Ribeiro (Vinicius Jr.) e Guerrero.

Depois dos treinamentos, o lateral Pará comentou sobre o clima interno dentro da equipe rubro-negra: "Temos um elenco forte. Aqueles que entram em campo dão o melhor para poder jogar. Temos que estar preparados. Se dermos mole, ..., o outro vem e 'passa por cima'. Todos têm de estar com a cabeça boa".

Pará também comentou sobre sua própria situação no clube: "Eu sou o atleta que quero estar jogando, independentemente da posição que seja. Quero estar atuando, quero estar no bolo, sendo lembrado. Se o professor Rueda precisar de mim em outras funções, vou fazer. Claro que minha posição de origem é a lateral direita, mas estou aqui para ajudar o Flamengo".

Vale lembrar que a equipe que vencer a partida, avança às quartas-de-final da competição. Se ocorrer um empate com gols, a Chapecoense avança, por causa do saldo qualificado. Se ocorrer outro 0X0, a classificação é decidida nos pênaltis. Aquele que passar de fase, enfrenta o vencedor de Fluminense [VIDEO] e LDU-Equador.

E você, caro leitor, qual seu palpite para o confronto dessa noite?