Após folgar na segunda, o Fluminense se reapresentou no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, na tarde desta terça, iniciando os preparativos para o seu próximo desafio no Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h (de Brasília), a equipe das Laranjeiras irá até a Arena do Grêmio, em Porto Alegre, para enfrentar os donos da casa pela 26ª rodada do principal certame do futebol nacional. A atividade, mais uma vez realizada sem a presença dos jornalistas, foi totalmente voltada para a parte física. Primeiro, o elenco ficou na academia para um trabalho de reforço muscular. Em seguida, complementaram o treinamento no campo de jogo.

Antes de suarem as camisas, os atletas, conforme aconteceu na semana passada, tiveram uma conversa com o técnico Abel Braga, que não escondeu a insatisfação pelo mau momento na temporada. Há quatro partidas, o Fluminense não sabe o que é vencer.

Na quarta, às 10h (de Brasília), o grupo volta ao CT Pedro Antônio. A expectativa é que Abel comece a indicar qual time iniciará a partida contra o Grêmio. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro Nogueira é desfalque certo. Outras ausências no sistema defensivo são Henrique e Renato Chaves, ambos com problemas musculares. Reginaldo deverá ser o escolhido como companheiro de Frazan.

Quem também pode começar desde o início é o meia equatoriano Junior Sornoza. Nesse caso, o esquema com três volantes, adotado nos últimos compromissos, seria abolido.

As novidades continuaram na parte da noite. Em reunião do Conselho Deliberativo, foi aprovado o terceiro uniforme do futebol profissional. Camisa, short e meia serão da cor grená com detalhes em dourado, modelo semelhante ao São Paulo, que, assim como o Fluminense, tem seu material fornecido pela Under Armour. De acordo com a diretoria, os modelos deverão estar disponíveis a partir de novembro.

Apesar de ocupar a 12ª colocação, o Fluminense soma apenas 31 pontos, três acima da zona de rebaixamento e nove abaixo do G-6, grupo dos seis que estarão na próxima Taça Libertadores. Por isso, o discurso nas Laranjeiras é unânime de que, nesse momento, o objetivo principal é se afastar dos quatro que, em 2018, disputarão a Série B do Brasileiro.

"Temos que ter tranquilidade agora, saber passar por esse momento. Temos que enfrentar essa realidade e sair dela o quanto antes, galgando lugares maiores. Agora é ter tranquilidade para passar essa sequência negativa no Brasileiro e voltar a vencer", declarou o goleiro Júlio César ao site oficial da agremiação carioca.