O jogador Jô, do Corinthians [VIDEO], protagonizou, na tarde deste domingo (17), um lance muito polêmico. Durante o jogo contra o Vasco da Gama, valido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o atacante do time paulista fez um gol totalmente irregular.

Aos 28 minutos do segundo tempo, o jogador recebeu um cruzamento de Marquinhos Gabriel e com o braço direito completou para as redes. O arbitro Elmo Rezende validou o gol do Corinthians, sendo esse o único gol da partida, que definiu o placar em 1 a 0 para o time paulista, o que gerou fúria nos vascaínos. O vice de futebol do Vasco, Eurico Angelo Brandão de Oliveira Miranda, chegou a dizer: “Entrega logo a taça pro Corinthians! Pra que disputar? Competir ? Passar a semana toda se doando, treinando pra isso? É justo?”

Jô já havia se metido em outro caso envolvendo “fair play”.

Na ocasião, São Paulo e Corinthians [VIDEO] se enfrentavam, quando o arbitro da partida interpretou erroneamente que o jogador Jô havia dado um pisão no goleiro Renan Ribeiro, do São Paulo, aplicando-lhe assim um cartão amarelo. Prontamente, Rodrigo Caio, que estava na disputa de bola com Jô, assumiu a culpa pelo pisão em seu companheiro, isentando o atacante da punição.

Na época, o próprio Jô, autor do gol irregular da partida desse domingo, disse: “A atitude dele foi uma atitude muito nobre, atitude de um homem de caráter, uma pessoa que no futebol porque gosta e também tem objetivos na vida, né. E não pra poder sacanear alguém, ou tirar vantagem em cima de um erro ou alguma coisa parecida. A atitude dele serve de exemplo para todos nós como ser humano, como atleta profissional. Sempre parabenizar e sempre que tiver oportunidade frisar isso”.

Após o jogo contra o Vasco, o centroavante deu a seguinte declaração: “Eu não vi. Se eu tivesse convicção, eu ia falar. Me joguei na bola e não vi se tocou ou não. Se tivesse tocado, eu ia falar.”

O fato é, independe de o clube paulista ter jogado melhor ou não, independente de ter tido mais chances, o único gol da partida foi irregular. Lance irregular esse que deveria ter sido visto pelo arbitro auxiliar que estava na linha de fundo a menos de 5 metros da jogada. Esse tipo de lance expõe uma das feridas do futebol nacional, a falta de profissionalismo dos árbitros, que hoje estão muito mais preocupados em assumir o protagonismo dos jogos de futebol do que simplesmente cumprir seu papel.

O Corinthians segue líder isolado do Campeonato Brasileiro com 53 pontos, enquanto o Vasco da Gama é o nono colocado com 31 pontos somados. #goldemão #corinthiansxvasco #goldeJô