Conhecido mundialmente, o #Corinthians é um dos clubes mais populares do Brasil e acaba chamando atenção de jogadores que buscam maior visibilidade no mundo do #Futebol. Contudo, o atual momento financeiro do Timão não é dos melhores e, por esse motivo, a busca por jogadores que estão sem muito destaque nos últimos anos aumentou.

Um desses exemplos é o atacante Jô, que estava praticamente esquecido no futebol chinês e acabou sendo contratado pelo Corinthians. Agora, sua situação é totalmente diferente, pois ele é um dos principais jogadores do elenco de Fábio Carille [VIDEO] e está firme na briga pela artilharia do Campeonato Brasileiro.

Com 30 anos, Jô garante estar feliz vestindo a camisa alvinegra, mas não afirma que ficará no clube paulista na próxima temporada. Embora seu vínculo contratual seja válido até o final de 2019, o camisa 7 não descarta a possibilidade de atuar em outro clube em 2018, já que seu bom futebol apresentado neste ano chama atenção de times distintos.

"Só posso afirmar que ficarei até o final do ano. Depois, a gente pensará melhor. Se aparecer alguma proposta [VIDEO], vamos conversar. Não posso garantir uma coisa e, daqui a pouco, a situação ser diferente. Aí, vou ser cobrado. Vão dizer que falei que ficaria e não fiquei. Não quero expor ninguém", comentou o atacante do Corinthians.

Essa situação relembra o atacante peruano Paolo Guerrero, que passou por esse tipo de exposição. Antes considerado um ídolo pela torcida corintiana, o ex-camisa 9 não cumpriu com sua palavra, onde afirmava que não vestiria outra camisa de um clube brasileiro, a não ser a do Corinthians.

Em 2015, ele recebeu uma proposta vantajosa financeiramente, e aceitou defender o clube carioca.

Ingratidão de Jô com o Corinthians?

Formado nas categorias de base do Timão, Jô carrega até uma marca histórica: ele é o jogador mais jovem a ter atuado como profissional na equipe paulista. Hoje, o centroavante acumula experiências e tem passagens por vários clubes do futebol exterior como Everton e Manchester City, da Inglaterra, CSKA Moscou, da Rússia, Al-Shabab, dos Emirados Árabes Unidos, Atlético-MG e Internacional, do Brasil, e também pelo Jiangsu Suning, da China.

Mesmo não se destacando no futebol chinês, Jô foi contratado pelo Corinthians e chegou sob muita desconfiança. Contudo, o técnico Fábio Carille resolveu apostar no jogador, que até então vem fazendo boas partidas. Agora, ele briga pela artilharia do Brasileirão, onde já balançou as redes adversárias 12 vezes. #PaixãoPorFutebol