Após a queda para a Série B, o Internacional começou a procura por reforços para ajudar a equipe na reconstrução em um ano que todos sabiam que não seria fácil. Veio a contratação do técnico Zago, que no início conseguiu fazer um bom trabalho, mas, logo em seguida, começou a queda de rendimento, que culminou com a sua saída.

Um dos nomes da sua confiança que foram contratados pelo Inter foi o atacante Roberson. Após se destacar vestindo a camisa do Juventude, ele chegou ao Beira-Rio com a missão de comandar o ataque, mas não se destacou e pode sair em breve.

Isso porque a Chapecoense fez uma proposta oficial ao time gaúcho e espera a sua contratação por empréstimo até o final desta temporada.

Vale lembrar que Roberson tem 28 anos, seria uma boa oportunidade para jogar na Série A e tentar recuperar o seu Futebol.

O atleta até que vinha recebendo espaço, mas com a mudança de comando, a saída de Zago e a contratação de Guto Ferreira, o atleta viu as chances despencarem e virou somente mais uma opção no sistema ofensivo.

Hoje, o Inter é o melhor ataque da Série B e um dos motivos é porque a briga por espaço é dura. Com Pottker, Damião e Sasha, o trio ofensivo vem dando resultado e até deixando Nico Lopez de fora. Por conta disso, a tendência é que Roberson continue sem receber muitas oportunidades, caso queira permanecer no clube.

O atleta seria uma arma do time de Santa Catarina para fugir do rebaixamento. Em um momento [VIDEO]complicado na temporada, a Chape entrou na zona da degola e luta para continuar na primeira divisão e ser uma das poucas equipes que nunca caíram para a Série B.

Um dos grandes problemas para essa negociação é a parte financeira. Com a chegada ao Inter, o atleta teve um aumento salarial e isso dificulta a vida de outras equipes que querem contratá-lo. Há pouco tempo o Juventude demonstrou o interesse na sua volta, mas o negócio acabou esfriando.

O grande problema é que a Chapecoense pode não ter condições financeiras para pagar todo o seu salário e pode precisar de uma ajudar do Inter. Porém, o clube gaúcho não tem tido essa política [VIDEO]e não tem aceitado pagar parte de salário de jogador que é emprestado para outra equipe.

Recentemente, o atacante Marquinhos, que pertence ao Inter, mas está emprestado ao Sport, se acertou com o Verdão, mas por conta do seu salário alto, o negócio acabou não acontecendo e ele voltou para o Rubro-Negro pernambucano, onde busca oportunidades com o técnico Luxemburgo.