Há várias formas de um jogador profissional de futebol ficar impedido de atuar em uma partida do seu time. Quando recebe um cartão vermelho no jogo anterior, por exemplo, não pode estar no próximo. Se leva um terceiro cartão amarelo, idem. E há, claro, as lesões, que podem afastar os atletas por período indeterminado. Dentre tantos motivos plausíveis para se ausentar, o meia espanhol Marco Asensio, do Real Madrid, "inovou": foi cortado de uma partida do seu time por ter falhado na depilação da própria perna.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Vaidoso, o jovem jogador de 21 anos quis aparar os pêlos de suas pernas antes da estreia do Real Madrid na edição de 2017/2018 da champions League, nesta quarta-feira, contra o Apoel, no estádio Santiago Bernabeu, na Espanha.

Mas ele acabou sendo traído por sua própria vaidade. Ao se descuidar durante o "procedimento", Asensio acabou se cortando e ocasionou uma ferida no local, que o tirou da lista de relacionados do Madrid para o jogo de quarta.

Em sua coletiva de imprensa prévia à partida contra os gregos, o técnico do Real Madrid se divertiu ao informar a ausência do meia. Zinedine Zidane, aos risos, explicou o que tirava Marco Asensio do confronto.

"Asensio acabou tendo um machucado na perna e não está nem conseguindo levantar o meião", divertiu-se o técnico Zinedine Zidane.

Marco Asensio tem se destacado bastante pelo Real Madrid em um período recente, virando uma das principais opções de Zidane. O jovem marcou um dos gols do time na final da última edição da Champions League, contra a Juventus, da Itália, pelo placar de 4x1.

O Real Madrid, de Asensio e Zidane, luta para manter a hegemonia no continente europeu. Além de ser o atual bicampeão da Champions League, os merengues venceram três das últimas quatro edições do mais badalado torneio de clubes do mundo. Mas antes de voltar a vencer, em 2014, o último título havia sido em 2001, contra o Leverkusen, com gol do hoje treinador Zinedine Zidane.

Na atual Liga dos Campeões, o Real Madrid está posicionado no grupo H, ao lado do Apoel - rival desta quarta -, Borussia Dortmund e Tottenham. São 32 times divididos em oito chaves, em que os dois melhores classificados avançam à fase de oitavas de final. A partir de então, ocorre o mata-mata até chegarmos aos grandes finalistas. Na segunda rodada, dia 26 de setembro, os merengues enfrentam o Borussia Dortmund em jogo a ser realizado na Alemanha. No mesmo dia, Apoel recebe o Tottenham.