O empréstimo do lateral-esquerdo santista Caju ao Liile da França não irá mais acontecer. A transação era dada como certa, os times já haviam chegado a um acordo [VIDEO], porém não foi possível reunir a documentação necessária até o fechamento da janela de transferência, que se encerrou nesta quinta-feira (31), o que inviabilizou o negócio. Dessa forma, o atleta será reintegrado ao elenco do Santos.

No entanto, isso não quer dizer que os times desistiram de fazer negócio. As partes voltarão a conversar em janeiro, quando uma nova janela de transferência será aberta. No entanto, o time brasileiro deixará de receber um bom dinheiro ainda este ano.

O acordo previa que o Peixe receberia 500 mil euros pelo empréstimo do jogador e caso ele fizesse 15 jogos (atuando no mínimo 45 minutos em cada um deles) na liga francesa [VIDEO], ele ficaria em definitivo por 4 milhões de euros, algo em torno de 14 milhões de reais.

Os problemas na documentação não foi o único obstáculo na negociação de Caju com o Lille. No mês passado, prestes a ser apresentado, o jogador foi reprovado nos exames médicos que acusaram lesões no púbis e na panturrilha, e isso fez com que os franceses concluíssem as negociações. Após a liberação do jogador pelo Departamento Médico, os times voltaram a negociar, porém a janela já estava quase se fechando e não houve tempo para a conclusão.

Terceiro colocado do Campeonato Brasileiro com 38 pontos em 22 jogos, o Santos volta a jogar no próximo dia 10, quando receberá o líder Corinthians, às 16 horas, no estádio da Vila Belmiro.

A equipe santista vem de um empate de 1 a 1 com o Cruzeiro, no Mineirão.

Sem TV aberta na Libertadores

A torcida do Santos não gostou muito de uma nota publicada no Blog o Ohata, do UOL Esporte. Único time paulista na Copa Libertadores da América, o Peixe não terá seu duelo contra o Barcelona do Equador, no próximo dia 13, válido pelas quartas de finais, transmitido pela Rede Globo para todo o estado de São Paulo. A emissora optou por mostrar o confronto Corinthians x Racing pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, deixando o duelo da principal competição do continente restrito apenas à cidade de Santos.

Os jogos de volta das duas equipes estão agendados para a mesma data e a tendência é que a emissora repita do esquema, a não ser que no jogo de ida da Sul-Americana um dos times obtenha uma vantagem praticamente irreversível, o que deixaria o confronto menos atrativo.