O torcedor do Internacional vinha animado e seguro de que o sistema defensivo iria dar conta até o restante da temporada. Com uma ótima dupla, formada por um gringo e um brasileiro, o clube gaúcho vem sofrendo muito poucos gols. No entanto, as coisas podem mudar com a lesão de Klaus, que machucou o punho e não entra em campo nos próximos [VIDEO]dois meses.

Com poucos nomes à disposição, a diretoria do Inter sabe que deve trazer outro atleta. Um dos cotados é Thalles, o zagueiro colorado que foi emprestado para defender o CSA [VIDEO]. O jogador é visto como uma prioridade para a diretoria, mas a sua volta será uma dor de cabeça, já que o CSA está na fase decisiva da Série C e não tem interesse em se desfazer de um dos seus melhores jogadores, neste momento.

O CSA está disputando as quartas de final da Série C e isso dificulta qualquer tentativa colorada. O presidente do clube alagoano, Rafael Tenório, disse que não houve contato da direção colorada e também não há como ter negócio nesse momento. ''Não houve contato com ninguém da direção do Internacional. Não tem chance de o Thales sair agora. O empréstimo dele só encerra quando a Série C acabar para o CSA. Não há uma cláusula de retorno imediato'', afirmou o dirigente. Com passagens pelo Atlético-GO e Bahia, Thalles será jogador colorado até dezembro de 2018.

Hoje, Guto conta com apenas três nomes à disposição na defesa: Victor Cuesta, Ernando e Léo Ortiz. Com vários jogos ainda para disputar na Série B, há possibilidade grande de outro jogador se machucar, assim, o treinador pode ter que improvisar, dificultando a busca do clube pelo título da Série B.

Há possibilidade também de buscar em um time da Série A algum jogador. Com poucos nomes à disposição neste momento, qualquer iniciativa seria complicada. Como a temporada já está terminando, poucos clubes têm interesse em se desfazer dos seus atletas. A lesão de Klaus foi, justamente, em um jogo ruim feito pelo Internacional. Após um longo tempo sem perder uma partida, o jogo contra o Juventude mostrou alguns pontos fracos e que ainda é preciso melhorar para conseguir se garantir, o mais rápido possível, na primeira divisão e buscar o título.

O próximo confronto será no sábado (16), quando o Figueirense visitará o Inter, no Beira-Rio. Com uma combinação de resultados, o Colorado já pode voltar à liderança nessa rodada, mas, para isso, tem que contar com uma derrota do América Mineiro, atual líder que tem 44 pontos conquistados.