Anúncio
Anúncio

As coisas não foram fáceis para o Leão na última semana. Com uma bronca daquelas feita pelo técnico Luxemburgo, o clima já não seria tão bom. Mas, logo em seguida, caiu na internet um áudio do treinador leonino reclamando dos atletas após a goleada sofrida pelo Rubro-Negro em Porto Alegre, quando foi goleado por 5 a 0 pelo Grêmio.

O treinador porém, afirma não saber quem foi que vazou o áudio e disse que no clube não existe o FBI: ''Não é bom, esse vazamento de áudio não é uma coisa legal. Isso já aconteceu e é discutido internamente. E além disso, aqui não tem o FBI para investigar e saber quem foi que vazou o áudio, né? Isso vai ficar assim, sem saber quem foi. Quem foi que soltou o áudio um dia irá aparecer, mas eu não sei quem fez isso'', afirmou o treinador do Leão.

Anúncio

Quem vazou o áudio fez com que o clima ficasse ainda pior, já que os jogadores que receberam a bronca podem não ter gostado que isso saísse publicamente. Ainda na entrevista coletiva, o treinador falou duramente e deixou claro que alguns jogadores poderiam sair do Sport. Sobre isso, em entrevista coletiva, Luxemburgo afirmou que não há caça as bruxas no grupo.

''Aqui não tem caças às bruxas, trairagem ou mau-caratismo, nem nada, nem paneleiro. O meu grupo não tem nada disso. O sport oferece uma condição muito confortável, os jogadores tendem a ficar confortáveis. Cobrei sem citar nenhum nome e também não usei palavras pejorativas'', disse o treinador.

Nenhum novo jogador deve chegar. Por isso, esse é o elenco que vai jogar até o final da temporada.

Anúncio

Os atletas que não estiverem jogando em um bom nível devem ir para o banco de reservas e dar oportunidade para os reservas. Assim, o treinador encontrará o melhor time para o restante da temporada.

Luxemburgo foi uma aposta da diretoria que vem tentando colocar a equipe nos trilhos desde a sua chegada. Após o ocorrido em Porto Alegre, os muros da Ilha do Retiro foram pichados, cobrando a diretoria e Diego Souza, mas também houve apoio ao comandante.

O Sport começou o ano com o técnico Daniel Paulista, mas ele não tinha total confiança da diretoria e acabou perdendo espaço para Ney Franco, uma aposta do clube. Mas, o novo treinador também não evoluiu, não conseguiu o título da Copa do Nordeste, não suportou a pressão e deixou o cargo.

Anúncio

Sem trabalhar há alguns anos em clubes brasileiros, Luxemburgo foi procurado e aceitou o desafio de trabalhar pela primeira vez No nordeste e comandar o Leão.