O Vasco se prepara para a estreia do seu terceiro técnico na temporada, que vai fazer a sua primeira partida diante do Grêmio. O time gaúcho tem simplesmente o melhor ataque da temporada e deve dar muito trabalho ao sistema defensivo vascaíno. Zé Ricardo, na busca pelo sucesso no Vasco, terá que fazer o que deu mais certo no Flamengo, que foi uma melhora no sistema defensivo.

O treinador tem a total confiança de Eurico Miranda, que se prepara para lançar a sua candidatura para ser reeleito no comando do Cruz-Maltino.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Ele ainda não confirmou, mas isso é dado como certo e todos esperam uma eleição dura, uma das mais complicadas dos últimos anos.

Com alguns meses para trabalhar e com a possibilidade de tirar o time de perto da zona de rebaixamento e levar para a parte de cima da tabela, um eventual sucesso do novo treinador da equipe dá um gás a mais na reeleição do atual mandatário.

Caso contrário, o técnico vá mal e o Vasco tenha eleições no mesmo período que o clube estaria lutando para não cair, seria um grande baque na imagem do atual presidente vascaíno.

Erros na temporada

O presidente errou muito, principalmente na escolha dos nomes que iriam treinar a equipe. Após a saída de Jorginho, o clube contratou Cristóvão Borges, que vinha de uma péssima passagem pelo Corinthians e uma sequência de trabalhos ruins. A sua demissão seria questão de tempo. Após a eliminação para o Vitória na Copa do Brasil, ele deixou o comando técnico.

Cristóvão Borges tinha um estilo mais calmo, de família. Já o novo treinador [VIDEO], que foi contratado para dar uma chacoalhada no elenco, era mais militarizado. Muito rígido, Milton Mendes não agradou o elenco e teve vários desentendimentos.

Alguns jogadores chegaram a comemorar a sua saída.

Após uma experiência frustada com um técnico mais rígido, a vez foi contratação de um que trabalha totalmente diferente. Zé Ricardo é calmo, não costuma gritar e esse foi o principal [VIDEO] motivo da sua contratação para comandar os atletas nesse final de temporada.

Nenhum clube dá certo com tanta mudança. Hoje, não se sabe qual é o estilo de jogo do Vasco da Gama. O time tem vários treinadores e acaba que nenhum deles consegue demonstrar o seu estilo.

O Vasco tem a expectativa de terminar a temporada em alta, longe da zona de rebaixamento e mais tranquilo para 2018, onde deve ter um time muito mais forte e Zé Ricardo terá muito mais tempo para trabalhar e montar um grande time para brigar por títulos.